Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 22 de septembro de 2018

A gestão do lar de maiores/ancianidade da zona sul passa a mãos da Câmara Municipal

A câmara municipal se põe à frente do centro e manterá os serviços

REDACCIÓN MÉRIDA
12/06/2018

 

O lar de maiores/ancianidade da zona sul será gerido a partir de agora pelo Câmara Municipal, após dois anos em mãos da {oenegé} Mensageiros da Paz, que resultou adjudicatária no concurso que a câmara municipal convocou para tal fim. Segundo anunciou ontem a Câmara Municipal através de uma nota de imprensa, desde este momento será pessoal municipal o que se encarregue dos diferentes serviços e atividades que se oferecem no centro, tanto/golo contínuos, como limpeza e monitores para as diferentes atividades e oficinas que se desenvolvem no mesmo.

Cabe {recordar} que a {oenegé} assumiu por algo mais de 54.000 euros os serviços de cafetaria, cabeleireiro, podologia, catering e refeições a domicílio, enquanto a cafetaria pertencia a uma subempreitada. Sobre/em relação a este ponto, desde a câmara municipal indicam que apesar do mudança de gestão, se manterão os serviços.

O lar de maiores/ancianidade da zona sul, construído através da obra social de Caja Badajoz, se inaugurou o 15 de Junho de 2016 após vários anos de atraso e sua abertura foi considerada pelos vizinhos/moradores como um grande conquista para o bairro. Após sua abertura, os bares da zona denunciaram que a cafetaria não cumpria com os horários estipulados e que abria para tudo o público, não só/sozinho para os usuários do centro. O empresário com o que a {oenegé} subcontrato o serviço alegou na altura própria que sim se estava {ciñendo} ao acordado no folha.

As notícias mais...