Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 17 de novembro de 2018

A câmara municipal diz que a feira do livro foi «muito positiva» em público e vendas

Destaca a satisfação dos livreiros pelo desenvolvimento do evento

C.H. MÉRIDA
06/06/2018

 

«Muito positiva». Assim foi para a equipa de governo a XXXVII edição da Feria do Livro de Mérida, que se celebrou de 30 de Maio a 3 de Junho no parque López de Ayala. O delegado de Cultura, Antonio Sánchez Barcia, mostrou-se ontem satisfeito pela afluência de público registada e porque os livreiros lhe tenham expressado sua satisfação pelo desenvolvimento desta edição. «Vamos na boa direção e acreditamos que pode consolidar-se como uma feira do livro de referência», sublinhou o delegado.

Barcia destacou em conferência de imprensa que a feira do livro tem tido neste ano uma afluência muito elevada «todos os dias», em especial o dia da inauguração com Boris Izaguirre e na sexta-feira com {Blue} {Jeans}. Também, o vereador salientou a notável presença do público juvenil. Em relação às vendas, afirmou que «vamos a dados de faz quatro ou cinco anos, pelo que vai em aumento»; e em relação à nova distribuição da feira, assegurou que «tem gostado tanto/golo a expositores como visitantes». «Embora o López de Ayala é um sítio idóneo, comprime o poder/conseguir fazer uma feira mais acessível e larga», precisou.

Por último, o delegado anunciou que já se está a trabalhar no desenvolvimento de um projeto para a programação cultural de outono, que consistiria numas jornadas literárias para lhe apresentação de livros por parte dos autores que se tenham ficado fuera da presente edição da feira.

As notícias mais...