Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 2 de abril de 2020

Apoio ao campo extremenho


28/02/2020

 

O plenário/pleno municipal mostrou ontem seu apoio ao campo extremenho numa declaração institucional avalizada por todos os grupos políticos, a pedido da Federação de Municípios e Províncias da Extremadura ({Fempex}), e na qual se põe a manifesto que agricultores e pecuários som «fundamentais par manter a população» e o modo de vida no ambiente rural.

Concretamente, esta iniciativa tem como objetivo mostrar a «solidariedade» com o sector primário na região que atualmente padece um problema com os preços de venda dos produtos, o que «põe em perigo a viabilidade das explorações se não se cobrem os custos».Deste modo, se pediu uma «remuneração justa» de todos os profissionais do campo com o fim de melhorar a posição de agricultores e pecuários na cadeia alimentar.

Nesta linha, a declaração da {Fempex} insta a todas as administrações a trabalhar para que a nova Política Agrária Comunitária (PAC) que se negoceie na Europa «não implique cortes orçamentais para o campo» com o objetivo de contribuir a uma «rendimento digno» para os trabalhadores, e destaca-se que se «compreende e respeita» as «mobilizações pacíficas» impulsionadas pelas {OPAS} como «justa reivindicação de medidas».

Por outro lado, o grupo municipal Vox apresentou uma moção em relação com o Dia europeu da Memória do Holocausto que teve lugar no passado 27 de Janeiro, com o fim de que todas as pessoas possam praticar tudo tipo de crenças religiosas, bem como o direito de todas as pessoas a ser respeitadas com independência de etnia ou condição sexual. Cabe destacar que esta iniciativa contou {on} 12 votos contra do PSOE, cinco abstenções por parte de Unidas por Mérida e Ciudadanos e sete votos a favor de Vox e Partido Popular. e.p.

As notícias mais...