El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 27 de abril de 2018

El câmara municipal limpará a entulheira ilegal do ambiente de {Plantonal} de Vera

Cs pede que se limpe com mais assiduidade para não oferecer «uma imagem negativa» dos bairros. {Vadillo} destaca que, a pedido cidadã, se retirarão «em breve» os resíduos da zona

CARMEN HIDALGO 12/01/2018

A câmara municipal trabalha na limpeza das entulheiras ilegais que vão aparecendo em diferentes zonas da cidade. Uma delas, a que se localiza entre os bairros dos Salesianos e {Plantonal} de Vera, será a seguinte em ser eliminada para atender a as petições/pedidos dos cidadãos. O agrupamento local de Ciudadanos criticou ontem o «abandono e falta de limpeza» que sofre esta zona, ao assegurar que há várias entulheiras ilegais, pelo que solicita à Câmara Municipal que leve a cabo os trabalhos para retirar os escombros e resíduos amontoados.

El delegado de Parques e Jardins, Pedro Blas Vadillo, afirmou ontem este diário/jornal que «em breve» se procederá a limpar esta zona, tal como se fez já com outras entulheiras. Concretamente, o vereador assegura que se têm retirado já as que tinham proliferado nos ambientes da escola {Paideia}, do recinto da feira, em {Proserpina} e na zona do Viveiro.

«Quando nos vamos inteirando da aparecimento de entulheiras, vão retirando de maneira progressiva», precisa Vadillo. Nesta linha, o delegado apela à colaboração cidadã «para que se possa denunciar a estas pessoas que fazem vertidos de maneira ilegal». No seu entender, o que fazem as entulheiras é «{afear} o ambiente urbano da nossa cidade e incomodar aos vizinhos/moradores que sim cumprem com suas obrigações e atiram seus restos e vertidos onde temos de atirá-los».

Por seu lado, o porta-voz local da formação laranja, Juan Barquilla, destaca numa nota de imprensa que a zona onde se encontra a entulheiras entre os Salesianos e {Plantonal} é utilizada para fazer exercício, passear animais de estimação e jogar com os cães. Por isso, Ciudadanos pediu ao Governo local que se realize a limpeza da zona e que a polícia intervenha para aplicar as sanções refletidas na Ordenança Reguladora de Vertidos.

Barquilla reconhece que os vertidos em lugares não autorizados «são difíceis de solucionar» e por isto propõe que se façam campanhas de limpeza das entulheiras «com assiduidade» para «evitar dar uma imagem negativa dos nossos bairros e da nossa cidade». Também, solicita que se faça uma campanha de consciencialização que recorde aos emeritenses que para depositar móveis, eletrodomésticos e objetos similares existem pontos controlados de recolhida e que «não se pode nem se devem deixar em qualquer parte».

«Agradecemos a Ciudadanos sua colaboração fazendo uma denúncia pública disto porque a nós também nos facilita que se conheçam este tipo de vertidos ilegais», respondeu Vadillo.