El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 20 de novembro de 2017

A polícia identifica no mercado da Hispanidade a várias pastas

Tentavam roubar a usuárias, mas não o fizeram diante da presença policial. Os agentes aplaudem que as consumidoras vigiem mais suas malas

RAQUEL RODRÍGUEZ plasencia@extremadura.elperiodico.com PLASENCIA 13/09/2017

Desde que, no mês de Março, a policia municipal advertia dos numerosos roubos que se produziam no feira dos terça-feira de A Hispanidade até agora, a situação melhorou consideravelmente. Primeiro, a própria polícia repartiu folhetos como medida preventiva e depois, instalou grandes cartazes nos acessos com as recomendações básicas para evitar converter-se numa vítima das carteiristas. Agora, os roubos se têm reduzido quase ao 100% e, além disso, a policia municipal tem podido identificar a várias pastas.

Foi possível graças à permanente presença policial -à Local soma-se também a da Nacional-, mas também a que «as pessoas está muito mentalizada e muito alerta».

Esta combinação de vigilância policial e das próprias usuárias permitiu que se identificasse a carteiristas que «estavam tentando aceder ao mala», mas ao não terlo conseguido e não faltar nada à usuária, e não levar também não nada a pasta, a polícia só/sozinho pode identificar à alegada {ladrona}.

Avisa pois de que «seguem/continuam visitando a cidade», pelo que manterão os cartazes informativos nos acessos e recomendam seguir/continuar sem descer a guarda. Em todo o caso, por enquanto estão muito satisfeitos com o resultado que deram suas medidas de prevenção ao conseguir reduzir os roubos e furtos.