El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 23 de novembro de 2017

{Lemus} e Díaz Farías apresentam o máximo número de avais exigidos

O presidente da Câmara Municipal de Villanueva del Fresno confia na militância para a mudança. O atual secretário defende um projeto «coletivo e de continuidade»

B. C. 13/09/2017

Rafael Lemus e Ramón Díaz Farías já são candidatos oficiais à secretaria do PSOE provincial, que se disputarão nas primárias que se celebrarão o próximo 24 de setembro, depois de/após que ontem o jogo/partido verificasse e desse por válidos os avais apresentados por ambos candidatos/candidatas, o 6% (365), o número máximo exigido.

Estrella Gordillo e Manuel Mejías, da equipa de Lemus, compareceram junto a uma trintena de companheiros, para agradecer o apoio ao atual secretário provincial do PSOE que, segundo defenderam, opta à reeleição com um projeto coletivo que dá «continuidade» ao trabalho desenvolvido durante 5 anos, nos que, no seu entender, se conseguiu um jogo/partido «mais forte», com mais militantes (um milhar) e governar no 60% dos municípios.

Mari Cruz Buendía e María Ángeles Ugalde, da equipa de Ramón Díaz Farías, por seu lado, insistiram em que o presidente da Câmara Municipal de Villanueva del Fresno encabeça a candidatura «da militância» e mostraram sua satisfação pelo apoio obtido nos avais. «Sabemos que quando a militância se põe em pé {abruma} e é capaz de mover os alicerces de tudo o que tenha por volta de, por muito seguro que se tenha», disse Ugalde, quem acrescentou que ganhe quem ganhe as primárias, o facto/feito de celebrá-las referenda «a democracia interna que tem o jogo/partido e que sempre {pregonamos}», afirmou.