Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 29 de março de 2020

Um milhar de desempregados/parados beneficia-se já do subsídio para maiores/ancianidade de 52

O número total de {perceptores} desta ajuda na Extremadura é de 9.358 . Na segunda quinzena de Março se concedeu a 1.139 extremenhos

REDACCIÓN
22/04/2019

 

Um milhar de desempregados/parados extremenhos beneficia-se já do subsídio para desempregados maiores/ancianidade de 52 anos graças ao mudança normativa que entrou em vigor em meados de Março. Concretamente, durante os dias do mês passado que esteve em vigor a novo regulamento se incorporaram ao subsídio 1.139 extremenhos, segundo os dados facilitados pela Delegação do Governo na Extremadura. Deles, 768 são homens e 371 mulheres. Tendo em conta que o ritmo de inscrições mensais até Março vinha sendo de 150, a cifra dos que têm podido obterlo ao variar as condições de acesso rondaria o milhar.

O decreto lei que entrou em vigor o 14 de Março diminui a idade mínima para solicitar este subsídio desde os 55 anos atuais aos 52; suprime o requisito de ter cumprida esta idade no momento do facto/feito causante; e elimina as percentagens aplicáveis à quantia do subsídio quando o beneficiário provém de um trabalho a tempo parcial. Também, a ajuda, consistente em 430 euros mensais, eleva sua duração máxima, já que poderá perceber/receber-se até ao cumprimento da idade ordinária de reforma, face à regulação anterior, que obrigava a deixar de recebê-lo no momento no qual se pudesse aceder a qualquer modalidade contributiva de reforma, dando lugar assim a reformas antecipadas forçosas.

Desde o Executivo se calcula que em torno de 7.000 extremenhos poderão beneficiar desta medida. Neste sentido, desde Delegação do Governo se indicou que o Serviço Público de Emprego Estatal ({SEPE}) «espera que ao longo/comprido dos próximos meses se vão incorporando novos {perceptores} do subsídio em função de suas situações específicas e de que todos aqueles que têm direito ao mesmo com as modificações aprovadas o solicitem».

A nível nacional, o {SEPE} concedeu durante a segunda quinzena de Março este subsídio a à volta de 32.000 pessoas. Ao todo, se receberam 56.000 pedidos/solicitações. «Aqueles processos nos que têm surgido dúvidas de interpretação derivadas da introdução de melhorias nas fórmulas de acesso —que não estavam na regulação anterior ao ano 2012— se resolverão em próximas datas, em tanto/golo se analisem e se verifique que, de acordo com a norma, cumprem os requisitos», salientou o Ministério de Trabalho, Migrações e Segurança Social no início deste mês.

As notícias mais...