Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 26 de septembro de 2017

Um comboio deixa ‘atirados’ a 62 passageiros após uma nova avaria

A incidência impede que um comboio que tinha saído desde Badajoz pudesse seguir/continuar a rota. Um problema treinador num comboio da linha Madrid-Huelva provoca transbordos e atrasos

C.H.
10/09/2017

 

Suma e segue/continua. A realidade do comboio na Extremadura já não deixa indiferente a ninguém e os viajantes extremenhos se vêem obrigados um dia mais a percorrer as vias com mala em mão. Ontem teve lugar a última incidência registada num comboio a seu passo pela região, e já vão mais duma trintena desde no passado mês de Junho.

Nesta ocasião, um dos comboios que cobre a linha Madrid-Huelva ficou desempregado/parado perto de Talavera de la Reina (Toledo) por uma «incidência técnica» ocasionado que o comboio que une Badajoz com Madrid, e que transportava a 62 passageiros, ficasse por sua vez detido à altura da localidade {toledana} de {Oropesa}. Os viajantes tiveram que ser transferidos até seus destinos em autocarros, o que não evitou que se vissem obrigados a esperar e muitos deles denunciaram a situação através das redes sociais.

Às 12.15 da manhã {Renfe} informava através de sua conta oficial de Twitter que o comboio em média distância 17900 Madrid-Huelva (via Cáceres, Mérida e Zafra) ficava detido em Talavera de la Reina devido a uma «incidência técnica». Após mais duma hora à espera no interior do comboio, e sem ar condicionado, os viajantes tiveram que descer dos carruagens e caminhar com sua bagagem até à estação de Talavera, desde onde lhes levaram a {Oropesa} em autocarro até ser transferidos a seus destinos no comboio que tinha jogo/partido às 8.45 horas desde Badajoz.

Por seu lado, o comboio que saiu da capital de Badajoz de manhã com 62 viajantes que se dirigiam a Madrid teve que parar-se em {Oropesa} e os passageiros foram transferidos em autocarros até à capital, à que chegaram com três horas de atraso. Cabe assinalar que este incidente se produziu tão somente um dia depois de/após que a plataforma cidadã ‘{Milana} Bonita’ levasse a reivindicação de um comboio digno à estação de {Atocha}. Redes sociais como Twitter e Facebook se inundaram ontem de queixas nas que muitos extremenhos mostraram sua indignação pela situação do comboio na região.

As notícias mais...