Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 1 de abril de 2020

Só/sozinho uma de cada três famílias pode poupar todos os meses

O 61% tem habitação em propriedade, o 36% deles com hipoteca. O 41% afirma que o faz alguns, e a 27% restante lhe resulta «impossível»

REDACCIÓN
14/03/2020

 

Solo o 33% dos extremenhos reconhece que tem capacidade para poupar todos os meses, enquanto o 41% afirma que o faz alguns, e o 27% restante afirma que lhe resulta «impossível» fazê-lo, segundo depreende-se do IV Barómetro de Hábitos de Consumo elaborado pela União de Consumidores da Extremadura ({UCE}). Trata-se de uma sondagem por ocasião da celebração, amanhã, 15 de Março, do Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, para a qual se têm realizado 764 sondagens pessoais a pé de rua.

Em relação à unidade familiar, as mais frequentes na região som as formadas por dois e três membros, com um 34% e um 30% respetivamente. Das de dois membros, um 23% declara ter a um membro da família no desemprego e, nos domicílios de três membros, um 33% manifestou ter um integrante desempregado.

Segundo esta sondagem, um 58% de inquiridos assegura ter mudado seus hábitos de consumo como medida para melhoria de sua economia. Além disso, o 61% tem habitação em propriedade, dos quais o 36% a tem hipotecada. Em relação à idade, o 71% dos inquiridos de entre 31 e 45 anos estão hipotecados.

Além disso, o 55,61% é titular de pelo menos um cartão de crédito e um 25% tem um empréstimo pessoal. Destes últimos, mais da metade (59%) adquiriram um empréstimo para comprar seu veículo.

Os cartões de fidelização, que permitem pagar as compras em prazos, no fim do mês, ou simplesmente te acumulam pontos substituíveis, som um instrumento cada vez mais utilizado pelos estabelecimentos. Assim, o 53% dos consumidores inquiridos manifesta ter pelo menos uma destas cartões, se bem o modo de pagamento preferido para o 51,44% dos extremenhos continua a ser o efetivo.

As notícias mais...