Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 17 de fevereiro de 2020

Só/sozinho o 27% dos enfermeiros supera a oposição/concurso público do SES

Um total de 3.964 pessoas foram ao exame, que têm aprovado 1.094

G. M.
12/07/2019

 

Um em cada quatro enfermeiros e enfermeiras que se apresentaram às oposições/concurso público do Servicio Extremeño de Salud (SES) no passado 12 de Maio superou o exame. Para participar nas provas, que se convocaram no 2017 e depois se acrescentou outra convocatória extraordinária no 2018, se inscreveram mais de 8.740 intitulados mas foram menos da metade os que foram ao exame: um total de 3.964. Destes, superaram a fase de oposição/concurso público 1.094 (o que supõe o 27,5%), segundo os resultados publicados pelo SES.

O certo é que os próprios da oposição já advertiram após a prova de que não ia a ter muitos aprovados já que, asseguraram, o exame foi complexo e rebuscado. O sindicato de enfermaria {Satse} também se somou às críticas: «A maioria das perguntas não refletem o trabalho diário/jornal que desempenham os profissionais em seus postos», afirmou.

CONCURSO / Do total dos aprovados, 1.085 enfermeiros pertencem ao revezo livre, três ao revezo de deficiência e outros seis são de promoção interna. Em jogo há um total de 820 praças/vagas fixas no sistema sanitário público (663 do revezo livre, 86 de promoção interna e 71 do revezo de deficiência).

Após a publicação das notas da fase de oposição/concurso público, que conta um 70% na pontuação final, começa o concurso (supõe o 30% restante). Os candidatos/candidatas que tenham aprovado têm até ao próximo 8 de Agosto para apresentar a documentação que acredite seus méritos nesta segunda e última fase do processo seletivo.

As notícias mais...