Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 25 de junho de 2018

A neve obriga a cortar/fechar três troços de vias secundárias

REDACCIÓN CÁCERES
11/01/2018

 

Três troços de estradas secundárias da Extremadura estiveram ontem fechados ao trânsito por presença de neve ou gelo na calçada, informou a Dirección General de Tráfico ({DGT}) na sua página web. Estes três troços extremenhos se incluíam dentro dos dezasseis que no conjunto/clube de Espanha —também em Castela e Leão, Aragão, Navarra, Cantabria e Andaluzia— permaneciam fechados ao trânsito por acumulação de neve na calçada. Além disso, era obrigatório o uso de cadeias noutros doze pontos.

Na província de Cáceres estava cortada a circulação/trânsito na estrada CC-7.2 à altura de Robledillo de Gata, na CC-102 no porto de Hervás e na CC-17.4 à altura de Piornal.

Também, estava proibido circular na província de Salamanca pela {DSA}-191 à altura de {Candelario}, a {SA}-203 em A Alverca e a {DSA}-180 em A {Hoya}, bem como na {SO}-132 à altura de {Medinaceli} (Soria) e a {AV}-932 em Santiago del Collado e a {AV}-501 em {Aldeavieja}, ambas na província de Ávila.

Em Granada estava cortado/dispensado o trânsito na A-395 nos acessos a Serra Nevada e na A-4025, em {Monachil}, enquanto em Cádiz não estava permitido circular pela {CA}-9104 em {Grazalema}.

Em Cantabria permaneceram fechadas ao trânsito a {CA}-631 em Várzea do {Pas} e a {CA}-643 no porto de A Concha; em Navarra, as estradas {NA}-2011 e {NA}-2012 à altura de {Ochagavía}; e em Zaragoza os acessos ao Parque do {Moncayo} por gelo na calçada.

As notícias mais...