Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 11 de dezembro de 2018

Extremadura como destino ‘{slow}’


12/01/2018

 

O diretor-geral de Turismo, Francisco Martín, deu a conhecer ontem as atividades da Extremadura na Feria Internacional do Turismo ({Fitur}), que se celebrará na Instituição Da feira de Madrid ({Ifema}), de 17 a 21 de Janeiro. Segundo avançou Martín, a região se apresentará como um destino «respeitoso» com o ambiente, o património e a cultura local, numa aposta clara e decidida pelo «turismo {slow}», um movimento global que promove uma forma de vida mais descontraída, responsável e sustentável, em contraposição ao turismo «massificado».

Em relação ao programa de atividades, Martín salientou que umas 100 empresas e entidades extremenhas poderão utilizar/empregar o {stand} para celebrar reuniões de trabalho e poder/conseguir assim «dar visibilidade aos empreendedores extremenhos». No âmbito internacional, 19 empresas extremenhas se têm inscrito para participar na plataforma {Fitur} {B2B}, que põe em contacto a 200 compradores internacionais com expositores.

O turismo astronómico também terá seu sítio na feira através do projeto ‘Miradouros celestes’, uma rede de painéis luminosos noturnos que permitem interpretar o paisagem das estrelas e usufruir da observação astronómica. Como novidade, o turismo espiritual será «um dos pontos fortes» da aposta extremenha em {Fitur}, juntamente com a rota do queijo, na qual participarão 50 empresas.

Como esta edição coincide com o Ano Europeu do Património Cultural, Extremadura também apostará em a história, a identidade e as festas de interesse/juro turístico. Em relação ao afastado económico, e a perguntas dos meios, o diretor-geral informou de que Extremadura investe um orçamento total de 623.000 euros no {stand}, em pagar o chão a {Ifema}, no merchandising, nas hospedeiras ou no transporte, entre outros aspetos promocionais.

As notícias mais...