Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 17 de dezembro de 2018

A {EBAU} de quarta-feira se repetirá por um erro na custodia do exame

Os serviços informáticos da Uex detetam a descarga ilegal das perguntas em 14 ocasiões. A anomalia afeta às Matemáticas gerais e aplicadas, Arte, Latim, Geologia, Grego e Design

F. LEÓN badajoz@extremadura.elperiodico.com BADAJOZ
08/06/2018

 

Un total de 4.891 estudantes extremenhos deverão repetir a prova de Avaliação de Ensino secundário de Acesso à Universidade ({EBAU}), celebrada na quarta-feira passada, ao ter-se detetado um erro na custodia do exame, consistente no acesso não autorizado à site da Universidad de Extremadura (Uex), pelo menos em 14 ocasiões.

Esses acessos pudessem ter afetado à confidencialidade dos exames, correspondentes ao segundo bloco horário da manhã dessa dia (de Matemáticas, Latim e Fundamento do Arte, com 3.056 estudantes afetados), e ao da tarde (de Matemáticas aplicadas às Ciências Sociais, Geologia, Grego e Design, com 1.956). Temos de ter em conta que há confluências em 204 alunos no primeiro grupo e 136 no segundo.

É por isso que a Comissão de avaliação manteve uma reunião a tarde de ontem para analisar a situação, e decidiu avalizar a decisão adotada pelo tribunal na tarde do dia 6, que procedeu a mudar de urgência todos os exames do dia seguinte [ontem] diante da suspeita de que pudesse ter tido um acesso ilegal aos mesmos, segundo manifestaram uma hora depois de/após terminar o último exame o vice-reitor de Estudantes, {Ciro} Pérez, e o presidente do tribunal, Javier Benítez.

O facto/feito foi revelada o mesma quarta-feira no segundo troço do dia por parte dos serviços informáticos da universidade, explicaram Pérez e Benítez. E quando se teve conhecimento dos factos/feitos, o tribunal decidiu desistir do exame de ontem quinta-feira previamente apresentado e mudá-lo por outro «do fundo de emergência que se tem por se se dão casos como este», pelo que os professores «reagiram com grande agilidade e estiveram até à madrugada realizando 20.000 fotocópias para que estiveram prontos os exames de ontem».

A comissão organizadora da {EBAU} acordou também repetir esses exames o 12 de Junho às 10.00 horas, nas mesmas sedes, Serão de 10.00 a 11.30 horas: Matemáticas, Latim e Fundamentos de Arte. E de 12.15 a 13.45 horas: Matemáticas aplicadas às Ciências Sociais, Geologia, Grego e Design. Educação informará por escrito/documento a todos os centros da região.

Na hora em que compareceram Pérez e Benítez não se tinha conhecimento de que tivesse denúncias na polícia, que não se descartam, com independência do resultado da investigação em marcha. Não obstante, se esperam «queixas, numerosas e com razão», manifestou Benítez.

A Uex anunciou um sistema de correção que permita ajustar-se ao calendário fixado e lamentou «os transtornos causados à comunidade educativa».

O presidente da Junta, Guillermo Fernández Vara, após conhecer-se a filtração, exigiu que para além de repetir os exames, «se tem que saber quem são os responsáveis e que peçam desculpas aos estudantes» e se depurem responsabilidades.

Por outro lado, ao fecho desta edição tinha umas 80 pessoas perante o reitoria para exigir que não se repitam os exames e já tinham convocado a coordenadora de estudante, e pais e alunos em redes sociais para concentrar-se hoje às 11.00 horas em Cáceres e às 12.00 em Badajoz.

As notícias mais...