+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Cruz Vermelha Extremadura {cuadriplica} o número de pessoas atendidas

Ajuda a 4.000 famílias mais que agora têm necessidades

 

Um dos armazéns a Cruz Vermelha Extremadura. - EL PERIÓDICO

REDACCIÓN CÁCERES
09/06/2020

Cruz Vermelha Espanhola na Extremadura tem {cuadriplicado} o número de pessoas atendidas desde/a partir de o início do estado de alarma decretado como consequência da pandemia do {covid}-19 graças à lavor/trabalho de 900 voluntários.

A instituição passou de ajudar a 8.785 pessoas a data 14 de Março, a 41.016 a 31 de Maio, um total de 32.231 pessoas mais na área de Inclusão Social, segundo informa num comunicado.

A primeira de suas intervenções começou o 15 de Março, quando o voluntariado se encarregou de garantir as necessidades nutricionais de mais de 1.100 menores extremenhos de famílias com necessidades especiais.

Apenas uns dias depois, pôs em marcha o plano Cruz Vermelha Responde para garantir uma resposta adequada aos mais vulneráveis, para além da continuidade do programa habitual de distribuição de alimentos.

Neste período, a instituição tem reforçado também seu programa de teleassistência e se tem estreitado a colaboração com as empresas e instituições, o que tem favorecido o incremento de entregas de bens de primeira necessidade a mais de 4.000 novas famílias.

Neste sentido, recorda a campanha iniciada a começos de Abril para repartir cestas de alimentação a pessoas com necessidades especiais, bem como {kits} de higiene.

Durante este tempo, o voluntariado também colaborou fazendo a compra de alimentação e medicamentos a pessoas maiores/ancianidade ou com alguma deficiência para favorecer que estas permaneçam em suas casas e evitar o risco de contágio. Assim, 399 pessoas receberam assistência para este tipo de questões.

Outras 6.418 pessoas têm tido informação via telefónica durante o estado de alarma e se tem atendido a 1.683 pessoas com assistência de saúde farmacológica.

Na secção de {Socorros} e Emergências, se tem atendido a 1.127 pessoas.

A instituição tem posto a disposição 30 ambulâncias, veículos nos que se têm realizado 738 transportes a pessoas afetadas pelo vírus.

O voluntariado tem contribuído a desdobrar dois albergues provisórios para pessoas sem lar, um em Badajoz e outro em Don Benito, que contaram com 128 praças/vagas. Além disso, se tem facilitado a entrega de mais de 200 {kits} de alimentação e higiene a pessoas sem teto.

assistência psicosocial / Por outro lado, os psicólogos do Plantel/elenco de Resposta Imediata em Emergências ({ERIE}) têm emprestado assistência psicosocial a afetados pela {covid}-19 ou que têm intervindo na luta contra a pandemia.

Durante o estado de alarma 1.067 pessoas receberam formação e outras 748 informação e orientação laboral para o emprego. A instituição tem oferecido na sua web cursos abertas à cidadania sobre/em relação a a pandemia.

Também, o voluntariado do Plantel/elenco de Sensibilização e Informação perante Emergência ({ESIE}) tem preparado material educativo gratuito para os meninos e meninas.

Também tem reforçado seus planos de contingência para garantir a segurança sanitária das pessoas refugiadas que atende em seus centros na região.