Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 17 de novembro de 2019

CCOO exige condições dignas para os cuidadores

Diz que na região as empresas «abusam com maior gravidade»

REDACCIÓN MÉRIDA
08/11/2019

 

A Federação de Saúde e Sectores Sociosanitários de CCOO exigiu ontem ao patronato da Atenção à Dependência a negociação de um convénio justo para as pessoas que trabalham neste sector, maioritariamente mulheres, e que sofrem em geral condições «muito precárias e baixos salários». Uma situação que, assegura, se dá ainda «com maior gravidade» na Extremadura, devido a que as empresas concessionárias abusam em maior medida que no resto do país de «os {descuelgues} salariais e de convénios de empresa {leoninos} para atirar em baixa as condições laborais».

O patronato do sector deu a «calada por resposta» diante da última proposta de CCOO, que consiste em alcançar um salário mínimo de 1.000 euros mensais em 14 ordenados para 2021.

As notícias mais...