Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 20 de septembro de 2018

O socialista Carlos Gañán, presidente da Câmara Municipal de A Moheda de Gata

É o primeiro em ostentar este cargo na nova entidade local

EFE PLASENCIA
12/06/2018

 

O socialista Carlos Gañán tornou-se no primeiro presidente da Câmara Municipal da nova Entidade Local Menor A Moheda de Gata, população que até ao passado mês de Fevereiro pertencia ao município de Gata, na província de Cáceres, e que se tem constituído em entidade local de âmbito territorial inferior ao município.

No ato de eleição de Carlos Gañán como primeiro vereador estiveram presentes o secretário de Organização do PSOE cacerenho, Eduardo Béjar, e o secretário de Política Municipal, Javier Prieto, segundo informou o PSOE da província de Cáceres numa nota.

Gañán e seus vereadores destacaram que têm «um projeto de união» para Moheda de Gata, e têm adiantado que contarão com todos os vizinhos/moradores, bem como com os representantes políticos de outros partidos.

A vereadora do PP «também votou a favor» do socialista como presidente da Câmara Municipal da localidade, sublinharam desde o PSOE.

O Diário/jornal Oficial da Extremadura publicou no passado mês de Fevereiro a resolução da Conselheria de Ambiente e Rural, Políticas Agrárias e Território pela que se constitui o núcleo de população de A Moheda de Gata, que pertence ao município de Gata, em entidade local de âmbito territorial inferior ao município. A Moheda de Gata, de 600 habitantes, é um núcleo de população separado em mais de 20 quilómetros da localidade de Gata.

Ambos núcleos de população estão separados, pois entre eles se interpõem os termos municipais de {Santibáñez} o Alto, Torre de Dom Miguel, Villasbuenas de Gata e Moraleja.

A Moheda de Gata foi fundada em 1954 pelo Instituto/liceu Nacional de Colonizações dentro dos projetos de transformação de zonas de sequeiro em regadio, pelo que resulta muito diferente ao município de Gata.

Quanto à disposição de recursos suficientes que garantam o exercício de suas competências, o avanço do orçamento de rendimentos apresentados inclui rendimentos suficientes, não apresentando défice inicial.

As notícias mais...