+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Quando a solidariedade salva vidas

Os alunos, pais e professores da escola Conquistador {Loaysa} têm dedicado sua Semana Solidária a colaborar com a Fundação Miúdos Corações, a Associação Oncológica Extremenha e o projeto {colaborativo} ‘Aprendendo a educar’

 

Consciencialização 8 Os alunos, durante um oficina no qual comprovam os {gérmenes} e bactérias que se depositam nas mãos cada dia. - CEDIDA

Diversão 8 Umas das atividades: o ‘{capturacorazones}’. - CEDIDA

ALEX DE MATÍAS prov-caceres@extremadura.elperiodico.com JARANDILLA DE LA VERA
23/02/2020

Se algo devem aprender os jovens desde/a partir de pequenos, é a solidariedade: ser altruísta, colega e ajudar sempre a quem mais o necessite. E de isso sabem muito no Centro de Educação Pre-escolar e Primária Conquistador {Loaysa}, de Jarandilla de la Vera, que em datas recentes celebrou sua Semana Solidária com diferentes atividades.

O centro leva muitos anos colaborando com a Fundação Miúdos Corações e trabalhando com os seus alunos valores como a empatia, o acordo/compromisso, a cooperação e a solidariedade. Assim, durante nesta semana especial, a escola conta com a participação de toda a comunidade educativa (mães, pais, professores e alunos), vizinhos/moradores da localidade, o próprio Câmara Municipal e pessoal sanitário do centro de saúde de Losar de la Vera e de outros centros similares.

O mote foi neste ano ‘{Cuidemos} nosso coração’. As atividades realizadas têm ido encaminhadas a consciencializar aos alunos da importância de ter uns hábitos saudáveis: alimentação, exercício físico, descanso/intervalo, não consumo de tóxicos e uma correta higiene.

Aprender com a prática

Desta maneira se levaram a cabo oficinas sobre/em relação a o correto lavado das mãos, uma corrida/curso solidária com distribuição de frutas a sua conclusão, e um feira solidária a favor da Fundação Miúdos Corações, no qual os membros da comunidade educativa doaram produtos para vendê-los e dar-lhes um segundo uso. Esse mesmo dia, cinco enfermeiras tomaram a tensão arterial e realizaram {glucemias} a todos os que aproximaram-se e quiseram colaborar, como explicam desde/a partir de a escola de {Jarandilla}.

A arrecadação, para além de ir destinada a Miúdos Corações, também será para a Associação Oncológica Extremenha e o projeto {colaborativo} ‘Aprendendo a educar’, que neste ano desenvolve a {Ampa} deste centro educativo apostando em uma educação em valores.

Além disso, os organizadores quiseram agradecer aos numerosos colaboradores e participantes «sua grande implicação, para que tenha resultado uma bem-sucedida semana».