+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Plataforma sem Barreiras desenvolve um projeto de emprego até Junho

É para pessoas com deficiência ou incapacidade

 

Integrantes do coletivo apresentam o projeto. - EL PERIÓDICO

YOLANDA JIMÉNEZ BENITO
13/03/2020

A associação trujillana/trujilhana Plataforma sem Barreiras volta a fazer fincapé no projeto de emprego que está levando a cabo desde/a partir de o 1 de Janeiro até ao 30 de Junho, subsidiado por Fundação ONZE, que tem como objetivo a {inseción} laboral de pessoas com deficiência ou incapacidade no âmbito local, nomeadamente, na região Miajadas-Trujillo.

Dita iniciativa está dirigida por {Mariví} {Avís}, técnica de emprego e psicóloga da entidade, e Elena Rodríguez, técnica de emprego e trabalhadora social da mesma, que diferenciam dois questões, a criação duma bolsa de emprego, que atualmente conta com 130 pessoas, e a prospeção com as empresas da zona, com as que se negoceia para conseguir postos de trabalho para os demandantes de emprego.

Nestas duas fases o que se pretende é orientar às pessoas que recorrem pela primeira vez à associação, que, «na maioria dos casos vão desorientadas e confusas», segundo seus responsáveis.

o primeiro contacto / Assim, nessa primeira toma de contacto, o primeiro que se faz é estudar cada caso, conhecer os objetivos do demandante e depois explicar-lhe o projeto e indicar-lhe os requisitos que deve cumprir para fazer parte do mesmo.

Por outro lado, no caso dos usuários ativos, se presta especial atenção à atualização de dados, já que sua situação laboral e pessoal pode mudar e é necessário {readaptar} os passos a seguir/continuar para optimizar os resultados do projeto.

«Nalguns casos, vão a nós pessoas de idades compreendidas entre os 45 e 50 anos que foram incapacitados para trabalhar em seu sector e temos de ajudá-las a encontrar um novo espaço no mercado laboral», explicam {Avís} e Rodríguez, por isso o plano se orienta, além disso, a fomentar as habilidades sociais dos usuários.