Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 1 de abril de 2020

Pedem aos visitantes que não arranquem ramos dos cerejeiras

Os árvores ficariam seriamente danificados para futuras colheitas

ALEX DE MATÍAS / AGENCIAS VALLE DEL JERTE
12/03/2020

 

La Mancomunidad del Valle del Jerte hizo un llamamiento a los visitantes que acudan estos días hasta la comarca para disfrutar con la floración de los cerezos para que se abstengan de arrancar las ramas de los árboles, já que estes ficam seriamente danificados para futuras colheitas.

Durante o período de floração é relativamente fácil observar aos visitantes enquanto arrancam ramos dos árvores devido a seu fácil acesso, já que muitas quintas encontram-se junto à estrada, uma prática que não beneficia ao ecossistema da zona. Por isso, a Posto de Turismo do Valle del Jerte fez esse apelo para ajudar a conservar a região.

Neste sentido, por meio de seu site oficial pediu aos turistas que tenham em conta que um ramo de cerejeira «não é um presente nem um lembrança, já que a flor se murcha em horas e o cerejeira fica seriamente danificado para futuras colheitas. As flores representam o estreitamente e esforço de tudo um ano do agricultor», acrescentaram antes de {recordar} que as práticas {vandálicas} em torno de esta propriedade privada «estão perseguidas e multadas».

Por outro lado, os responsáveis de Turismo do Jerte indicaram que, hoje, já se podem ver as primeiras flores no Valle del Jerte e destacaram que para finais desta semana já terá «uma linda floração», sobretudo em {Valdastillas}, Navaconcejo e {Rebollar}.

As notícias mais...