+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O município celebra a 216 Festa do Árvore com uma recriação histórica dos vizinhos/moradores

O pregão corre a cargo do {villanovense} {Gilberto} Montero

 

El deputado Fernando Grande e Felipe Saúl, presidente da Câmara Municipal de Villanueva de la Sierra. - EL PERIÓDICO

REDACCIÓN CÁCERES
23/02/2020

Villanueva de la Sierra, uma pequena localidade {serragatina} de pouco/bocado mais de 500 habitantes, leva desde/a partir de 1805 contribuindo a reflorestar e preservar seu ambiente, uma Festa do Árvore que na próxima quarta-feira 26 de Fevereiro cumpre 216 edições. Felipe Saúl agradeceu o apoio da {Diputacion} de Cáceres e a Junta, o que lhes permitiu alargar o programa de atividades e ser feito um maior/velho {plantío} de árvores. Felipe Saúl recorda que Villanueva «é o primeiro povo/vila do mundo que celebrou a Festa do Árvore» e que recebe cada ano mais de 1.000 visitantes. No quadro desta festa também terá lugar a V Feria Ambiental, Gastronómica e de Maquinaria.

A 216 edição da Festa do Árvore arranca o 26 de Fevereiro com a entrega de árvores e atos institucionais e religiosos, tudo isso animado com a música da Escola Provincial de {Tamborileros} de {Mesegal}. Às 12.30 horas, terá lugar o pregão a cargo do {villanovense} {Gilberto} Montero e se entregará aos mais pequenos do município um livro sobre/em relação a esta enraizada tradição popular.

Além disso, desde há três anos às atividades que dão início a esta festa se acrescentou a recriação da primeira Festa do Árvore, na qual participam à volta de uma vintena de vizinhos/moradores. Representação teatral que finaliza com vinho, {caldereta} de cordeiro e doces típicos, a semelhança, segundo registam as crónicas, de como foi a celebração {primigenia} de 1805.