Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 26 de abril de 2018

Melhoram a acessibilidade no centro do conhecimento

Instalam um {bucle} magnético, um rato {trackball} e um teclado de alto contraste

ROSA MARÍA GARZÓN prov-caceres@extremadura.elperiodico.com LOSAR DE LA VERA
07/01/2018

 

Com o fim de melhorar o serviço que o Plano de Alfabetização Tecnológica presta à cidadania extremenha -com independência da sua situação social, profissional, cultural ou académica- se deu um passo mais ao dotar aos Novos Centros do Conhecimento com equipamento apropriado que permita a atenção individual e personalizada a pessoas que apresentem algum grau/curso universitário de deficiência e necessitem utilizar/empregar os serviços que estes centros oferecem.

Para poder/conseguir levá-lo a cabo, desde princípios de Dezembro do passado 2017, se tem instalado, em cada um dos {NCC} da região, entre eles o de Losar, um posto com um {bucle} magnético indicado para pessoas que padecem algum grau/curso universitário de {hipoacusia} e utilizam próteses auditivas como os {audífonos}. Um rato {trackball} e teclado de alto contraste para pessoas com capacidades visuais reduzidas. E, por último, um teclado de alto contraste, equipado com teclas mais grandes sobre/em relação a um fundo de cor amarela como se aprecia na imagem, acessível para pessoas com problemas de visão reduzida. Os {bucles} magnéticos recolhem/expressão o som ambiente e o enviam como um campo magnético (daí o de {bucle} magnético) aos {audífonos}, que têm uma opção especial para sintonizar-se com eles.

O rato {trackball} funciona tão só com o movimento dos dedos, sem necessidade de mover o rato, e graças a um design {ergonómico} composto por uma bola incrustada num {receptáculo} que contém sensores que detetam a rotação da bola em dois eixos.

Os Novos Centros do Conhecimento contam desde princípios do mês de Dezembro com equipamento específico para atender a pessoas com diferentes tipos de deficiência.

Três elementos, que porão ao alcance de pessoas com deficiência sensorial o livre acesso à Rede já as suas possibilidades, tanto/golo desde o ponto de vista pessoal como profissional. Desta forma, os Novos Centros do Conhecimento abrem a sua oferta formativo e informativo ao maior número de pessoas na região, pondo de relevo seu carácter de projeto não somente tecnológico mas também social.

As notícias mais...