+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A licitação a substituição das caldeiras de gasóleo da escola

Instalar-se-ão outras de gás natural para lutar contra as alterações climáticas

 

Os dois edifícios do centro educativo terão novas caldeiras de gás natural. - CEDIDA

ALEX DE MATÍAS prov-caceres@extremadura.elperiodico.com MIAJADAS
07/03/2020

A Câmara Municipal de Miajadas anunciou que já encontra-se aberto o prazo de licitação para a obra consistente na substituição das caldeiras de gasóleo por outras de gás natural dos edifícios do Centro de Educação Pre-escolar e Primária García Siñeriz. O último dia para apresentar-se à licitação é o 16 de Março, às duas da tarde, e o investimento será de 63.892,94 euros.

Este projeto conta com o financiamento do Instituto/liceu para a Diversificação e Poupança da Energia ({IDAE}) e a câmara municipal. Consiste na substituição das caldeiras de gasóleo dos edifícios do centro educativo por outras de {condensación} com gás natural «para produzir calor {minorando} assim as emissões de gases de efeito de estufa que contribuem às alterações climáticas», assinalaram desde/a partir de a Câmara Municipal de Miajadas.

Desta maneira, se atuará na escola infantil, de 1º e 2º de Primária, situado na Avenida Cruz dos {Pajares} e também na escola de 3º a 6º de Primária da Avenida García Siñeriz. A poupança energético será de 19.080 {kilovatios} por hora a cada ano e o económico, de 2.640 euros anualmente. A redução total das emissões que se conseguirão será de 40,35 toneladas de CO2 a cada ano.

Esta é uma medida mais, tomada pelo consistório {miajadeño}, para favorecer a luta contra as alterações climáticas.