Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 22 de septembro de 2018

O governo local destaca o valor de suas infraestruturas para captar investimentos

A localização estratégica da cidade é gancho para atrair empresas. Se salientam como vantagens o acesso em autoestrada, o caminho de ferro e o chão a baixo/sob/debaixo de preço

NIEVES AGUT prov-caceres@extremadura.elperiodico.com NAVALMORAL DE LA MATA
07/06/2018

 

A Câmara Municipal de Navalmoral de la Mata, de mãos da equipa de governo municipal, trabalha nesta semana para vender a cidade face a atrair novos empresários e futuras investimentos e o faz em Barcelona, cenário do Sala Internacional de Logística ({SIL}). No caso da cidade morala, segundo explicou ontem o primeiro tenente de presidente da Câmara Municipal, {Iñaki} Rodríguez, que assistiu à feira em representação da Câmara Municipal, Navalmoral participa baixo/sob/debaixo de a denominação Espaços Logísticos e Industriais em Navalmoral, Porta da Extremadura com o mote Tudo encaixa, e com o que «fazemos valer as vantagens de investir em nossa localidade, que conta com linha de caminho de ferro, autoestrada, infraestruturas, chão, telecomunicações e segurança», manifestou. Este, além disso, destacou a grande oportunidade deste evento que congrega a mais de 600 empresas relacionadas com a logística, o transporte, o armazenagem e a manutenção, entre outras áreas similares.

Não obstante, Rodríguez resenhou que para além da excelente localização estratégica, nesta feira também se exibem e dão a conhecer outras vantagens que tem investir na cidade morala como são as ajudas públicas -mais vantajosas que no resto de Espanha por ser Extremadura objetivo 1 da União Europeia-. A isto temos de somar a oferta de espaços para localizar empresas como são o polígono Campo Arañuelo e o {Expacio} Navalmoral, bem como a derrogação da taxa por abertura de negócio e a licitação do projeto da Plataforma Logística pela Junta com capacidade para 68.000 contentores ao ano.

A presença de Navalmoral nesta feira, segundo o primeiro tenente de presidente da Câmara Municipal, está justificada pelo potencial na indústria logística, segundo a Estratégia de Especialização Inteligente para o Campo Arañuelo, bem como a Estratégia de Desenvolvimento Urbano Sostenible, «entendendo que os principais reptos/objetivos para nossa cidade são a atração de empresas transformadoras com uma elevada internacionalização de seus produtos e de empresas que tenham como objeto social a logística, o transporte ou o armazenagem», acrescentou.

Igualmente, aproveitam este sala internacional para promover às empresas locais, contando com diverso material informativo daquelas que se têm posto em contacto com a área de desenvolvimento da Câmara Municipal para tal fim. Uma promoção que se realiza mediante folhetos e amostras de produtos.

As notícias mais...