Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 17 de julho de 2018

O {Film} Festival seleciona 30 curtos dos 672 apresentados

Os trabalhos são de autores de diversos países e em breve se poderão visualizar

NIEVES AGUT prov-caceres@extremadura.elperiodico.com PINOFRANQUEADO
08/01/2018

 

O júri de Las Hurdes Film Festival, que trata de promover a região e organiza o Centro de Documentação em Pinofranqueado, tem decidido a seleção de 30 obras entre as 672 apresentadas a este certame de cinema que cumpre seu II edição. Os trabalhos pertencem a autores do Irão, México, {Canadá}, Austrália e Espanha, entre outros países. Assim o tem anunciado o diretor do Centro de Documentação das Hurdes, José Pedro Domínguez, que detalhou que em breve se poderão visualizar os curtos através da web do festival e nos diferentes municípios {hurdanos} com uma programação que vai a permitir ao público escolher suas obras favoritas através de uma votação on line e presencial e do qual sairá o Prémio do Público.

Será o Centro de Documentação o encarregado de elaborar a programação da exibição dos curtos nos diferentes municípios da região {hurdana}. Domínguez assinalou além disso que a seleção dos trabalhos «foi uma difícil decisão devido à alta qualidade dos mesmos e que tem propiciado que muitos trabalhos bons tenham ficado fora». Entre os {films} selecionados estão na categoria/escalão de Documentários o de Fronteiras de energia animal, de Plácido Romero Bernardo; na categoria/escalão de Ficção Homem Elétrico, de Álvaro Muñoz Rodríguez; e em Curtos de menos de 3 minutos Avó Esperanza, de David Corroto.

Este certame está organizado pelo Centro de Documentação de Las Hurdes, que depende da Mancomunidad (conjunto de municípios) Região de Las Hurdes, e surge com o objetivo de propor desde a produção audiovisual contemporânea uma reflexão renovada sobre/em relação a dita região e uma revisão do imaginário que rodeia à mesma. Dirige-se a criadores espanhóis e internacionais nas áreas do cinema e o vídeo com obras cujas temáticas sejam afins a dois linhas principais sobre/em relação a as que se funda o festival.

Por um lado, e seguindo/continuando o espírito do documentário Terra sem pão, de Luis Buñuel, se admitem produções que aprofundem em problemáticas sociais e humanas e, por outro lado, obras que abordem temas sobre/em relação a a preservação do ambiente e a defesa dos ecossistemas.

As notícias mais...