Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 20 de novembro de 2017

Duas pessoas foram atendidas por apanhadas e quedas nas {capeas}

A Câmara Municipal faz um balanço positivo das festas da patrona

SOLEDAD GÓMEZ prov-caceres@extremadura.elperiodico.com TRUJILLO
12/09/2017

 

A ressaca após o final das festas deu passo à normalidade nas ruas e praças/vagas de Trujillo, até faz uns dias cheias de multidão e alvoroço como mostra de ter vivido uns intensos festejos. Desde a Câmara Municipal se faz um balanço positivo das festas patronais, nas que o que bom ambiente tem imperado, com a ajuda de «Policia Municipal, Guardia Civil, Serviço de Limpeza, Proteção Civil, Cruz Roja, trabalhadores municipais, Comissão de Festas, artistas, associações, empresas colaborações e patrocínadoras, e Associação Musical ‘Antonio Flores’». Deste modo, a câmara municipal quis agradecer publicamente a implicação de todos para que as festas «tenham sido um êxito», e especialmente à Irmandade Da Virgem Vitória. Outra entidade que tem contribuído ao usufrua dos festejos taurinos na praça/vaga foi a Associação Cultural Concentrações Praça Maior, organizadora das {capeas}. Neste sentido, cabe mencionar algumas {interveniciones} dos serviços sanitários devido a apanhadas ou quedas durante as {capeas}. Uma das pessoas necessitou intervenção cirúrgica e outra hospitalização, embora em nenhum dos casos sua vida tem corrido perigo. Em relação à organização das festas, no último {peno} municipal, o PSOE propôs «reconsiderar» o lugar de celebração do pregão e concerto de arranque das festas «já que a limitação de espaço do castelo faz com que muitos vizinhos/moradores não possam assistir», afirmou seu porta-voz, Fernando Acero.

As notícias mais...