Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 18 de janeiro de 2018

Detêm a dois indivíduos acusados de roubos em casas e numa empresa

São romenos e se lhes imputa cinco delitos contra o património

N. AGUT MADRIGALEJO
10/01/2018

 

Efetivos da Guardia Civil, que pertencem ao Plantel/elenco ROCHA de Trujillo, e por ocasião dos numerosos roubos que se tinham cometido no município cacerenho de Madrigalejo, levaram a cabo a detenção de dois indivíduos, de nacionalidade romena, por delitos contra o património. Estas detenções, segundo informou a Comando da Guardia Civil de Cáceres numa nota emitida ontem, foram o resultado das investigações iniciadas após os contínuos roubos que criaram uma grande alarma social entre a população. Os dois detidos, acrescenta a nota, são vizinhos/moradores da localidade de Badajoz de Navalvillar de Pela, e se lhes imputa cinco delitos contra o património.

No escrito/documento, desde a Comando se explica que a princípios do passado mês de Novembro a Guardia Civil tem conhecimento de que em Madrigalejo se tinham cometido cinco delitos contra o património, quatro deles em casas de campo e um nas instalações duma empresa. A partir de nessa altura, e no quadro do que se denominou operação {Indago}, se iniciam as investigações tendenciosas ao esclarecimento dos factos/feitos e detenção dos possíveis autores. Das inspeções oculares realizadas nos cenários dos roubos se pôde determinar que o {modus} {operandi} para aceder às habitações ou instalações era similar, utilizando a mesma alavanca para forçar as portas de acesso.

Igualmente e graças à colaboração cidadã, a Guardia Civil conseguiu apurar a matrícula do veículo no qual se deslocavam os autores, situando o mesmo em diferentes pontos da província cacerenha bem como da província de Ciudad Real. Ao mesmo tempo, se procedeu à realização de minuciosas inspeções da documentação existente em sucatas da província cacerenha comprovando's que um dos dois detidos tinha entregue numa sucata da cidade de Cáceres 636 quilogramas de baterias procedentes dos diferentes roubos de Madrigalejo.

Finalmente, no passado 23 de Dezembro se procedeu à localização dos dois cidadãos romenos, levando a cabo sua detenção como supostos autores dos cinco delitos de roubo com força nas coisas cometidos durante a noite do passado 6 de Novembro, sendo os dois homens postos a disposição da autoridade judicial.

As notícias mais...