Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 21 de novembro de 2017

Uns 50 menores com diabetes assistem ao acampamento de {Fadex}

Procedem de vários coletivos em relação com a doença, da região

RAFAEL MOLINA prov-badajoz@extremadura.elperiodico.com MONESTERIO
15/08/2017

 

Provenientes de diferentes associações de pessoas com diabetes da Extremadura, agrupadas na federação regional {Fadex}, um grupo de 50 menores usufrui durante nesta semana de um acampamento de verão, que por sexto ano se desenvolve nas instalações do Casa de campo Os Coutos, de Monesterio. Antonio Lavado Castilla, presidente de {Fadex}, explicou que o fim é «ajudar aos assistentes a gerir corretamente seu diabetes, num ambiente lúdico e de convivência». O acampamento também serve «para dar certa pausa a pais e mães dos jovens, delegando neles o cuidado da doença».

Os assistentes, com idades de 8 a 17 anos, realizam atividades «adaptadas a cada etapa», desde os meninos que aprendem a picar-se sós a insulina, até jovens que conseguirão determinar as doses necessárias, dependendo da atividade física que realizem. Também se trabalham aspetos relacionados com a alimentação, o autoanálise, e o recursos necessários para potenciar sua autonomia.

Existem na atualidade 18 associações na Extremadura. A intenção de {Fadex}, explica Lavado, é «alargar seu número e criar uma em Monesterio», que atenda aos diabéticos da região de {Tentudía}. É que, explica, «a diabetes é a pandemia do século XXI, chegando a 10% da população». Em Espanha são quase 5 milhões, o 10% menores.

As notícias mais...