Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 21 de septembro de 2017

Solicitam ajuda a Fomento para a obra da igreja dos Jesuítas

A localidade celebra no sábado A Noite em Blanco com diversas atividades

EFE / REDACCIÓN
17/08/2017

 

E l Câmara Municipal de Fregenal de la Sierra tem solicitado ao Ministério de Fomento a ajuda do 1,5% Cultural para reabilitar a igreja dos Jesuítas, situada na escola do mesmo nome. O custo desta atuação se estima nuns 470.000 euros. Assim o anunciou ontem a presidenta da Câmara Municipal da localidade, Tina Rodríguez, na conferência de imprensa que ofereceu em Badajoz para oferecer as atividades da segunda edição de A Noite em Blanco, que se celebrará desde as oito da tarde do próximo 19 de Agosto.

Rodríguez destacou que seria um «conquista importante» para Fregenal de la Sierra conseguir este financiamento para um projeto que suporia a primeira fase face a reabilitações posteriores que permitam recuperar o complexo na sua totalidade.

A presidenta da Câmara Municipal recordou que em 2007 se cedeu o convento à Junta de Extremadura para um projeto de {hospedería} que finalmente não se levou a cabo, pelo que a Câmara Municipal pediu que se o devolvesse. Durante estes anos, segundo disse, se têm realizado trabalhos de conservação dos frescos, o teto e os muros interiores, mas a parte contígua, a da escola, está «muito mais {ruinosa}».

Uma vez reabilitado, o objetivo é que se utilize como «espaço {museístico} com carácter temporal e transitório» ou tirá-lo a licitação para que empresas de catering possam realizar eventos como casamentos, já que é um lugar «espetacular e maravilhoso» e Fregenal de la Sierra carece de sítios para organizar atos deste tipo.

Sobre/em relação a A Noite em Blanco, a presidenta da Câmara Municipal explicou que a programação inclui atividades relacionadas com as artes audiovisuais e plásticas, cinema, natureza, fotografia, literatura, música e poesia. Também se abrirão ao público espaços habitualmente fechados como a Torre do Homenagem do Castelo Templário, a {espadaña} do Convento de São Francisco, o claustro do convento de encerramento/encerra da Paz-Mães {Agustinas}, que pela primeira vez em sua história poderá visitar-se, as ruínas da igreja dos Jesuítas e o jardim do palácio do Marquês de {Riocabado}.

Centenas de velas iluminarão fontes, praças/vagas e outros monumentos. A Câmara Municipal espera que assistam entre 4.000 e 5.000 pessoas.

As notícias mais...