Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 19 de septembro de 2018

A mancomunidad (conjunto de municípios) de {Tentudía} aprova um orçamento de 2 milhões para 2018

O fundo para ajudas sociais passa de 8.000 a 30.000 euros

RAFAEL MOLINA FUENTE DE CANTOS
11/01/2018

 

La assembleia geral da mancomunidad (conjunto de municípios) de {Tentudía}, celebrada Fuente de Cantos, aprovou seu orçamento geral para 2018, dotado com 2.053.150 euros, em seu estado de rendimentos, e despesas de 1.985.030. Também o pessoal, formada por 33 empregados.

Em rendimentos destacam os capítulos de taxas e preços públicos, por montante de 963.510 euros, bem como o de transferências correntes, de 965.040. Em despesas, os mais numerosos são os de pessoal (955.010 euros) e bens e serviços (808.000 euros).

«Para além do manutenção e melhoria de todos os serviços», (água, recolhida de resíduos, arranjo e conservação de caminhos), explica o gerente, Jesús Aparicio, estes orçamentos incidirão em «reforçar o Plano Estratégico de Turismo», com vídeos promocionais, conversão do barragem de {Tentudía} em zona de lazer e colocação de sinais turísticos nas localidades da região.

«São também --salienta Aparicio-- solidários, com uma importante dotação do fundo social, «que {pasad} em poucos anos de 8.000 a 30.000 euros», para socorrer a famílias em situação precária, através em colaboração com os serviços sociais e o programa de atenção a famílias.

O aumento da despesa, --»ordenado e muito controlado»-, também se justifica, conclui Jesús Aparicio, pela abertura da escritório de gestão urbanística, mediante a contratação de quatro técnicos.

As notícias mais...