Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 21 de outubro de 2018

Intervêm no feira calçada falsificado por valor de 6.000 euros

Ao responsável do posto lhe constam outros delitos similares

REDACCIÓN BADAJOZ
12/06/2018

 

A Patrulha Fiscal e de Fronteiras da Guardia Civil com sede em na localidade de Olivença tem instruído diligências como investigado a um vizinho/morador de Madrid como autor de um suposto delito contra a propriedade industrial ao que lhe constam numerosas ações delituosas por factos/feitos similares.

Os agentes intervieram no domingo passado no feira de Zafra calçado falsificado por valor de mais de 6.000 euros, como consequência da inspeção que realizaram. A análise do calçado e de seus {logos} permitiram comprovar que tratava-se de imitações das marcas registadas.

Esta atuação é o resultado das inspeções que os agentes da Guardia Civil levam a cabo em diferentes feiras da comunidade autónoma com o objetivo de lutar contra a venda de artigos falsificados.

Neste caso, num posto do feira de Zafra os agentes observaram que se expunham para sua venda sapatilhas desportivas de diferentes marcas registadas e puderam comprovar que eram imitações. Ao encarregado do posto se lhe intervieram um total de 67 pares de sapatilhas, todas elas supostamente falsificadas. Esta ação delituosa, segundo informaram ontem fontes da benemérita, tivesse suposto um prejuízo para as marcas registadas duns 6.000 euros, à falta de que se realize a {peritación} oficial.

As notícias mais...