Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 2 de abril de 2020

O Concurso de Cozinha da Montado inaugura a Semana Gastronómica

Organizada pelo Câmara Municipal com apoio da assembleia provincial, será de 13 a 15 de Março. Terá um mercado no pavilhão de Vidro para degustar tapas a 2,5 euros

RAFAEL MOLINA prov-badajoz@extremadura.elperiodico.com BADAJOZ
05/03/2020

 

O vice-presidente primeiro da Assembleia provincial, Ricardo Cabezas, e o presidente da Câmara Municipal de Monesterio, Antonio Garrote, apresentaram ontem a VI Semana Gastronómica da Montado, que se desenvolverá entre os dias 13 e 15 de Março, com atividades como o VI Concurso Nacional de Cozinha da Montado, o dia 13, no Sala de aula Municipal de Hotelaria. O júri selecionará de entre os pedidos procedentes de toda Espanha, seis; e os cozinheiros deverão elaborar um prato com predomínio de produtos do montado, o presunto entre eles.

Também celebrar-se-á durante tudo o fim-de-semana o Mercado Gastronómico da Montado no Pavilhão de Vidro, com seis estabelecimentos da localidade, para degustar tapas a 2,5 euros.

Além disso, este será o cenário para um maridagem de tapas e vinhos extremenhos; as primeira procedentes dos estabelecimentos participantes, e os vinhos, das Adegas Romero de El Raposo. El prazo de inscrição finaliza o 11 de Março, a 10 euros.

Na última jornada se degustarão tapas solidárias de queijos doados por {Acriflor}, a favor da Associação Oncológica local. E os amantes da natureza poderão usufruir duma rota senda pela montado de 15 quilómetros e uma dificuldade média/meia. Os mais pequenos, perto de 500 alunos da escola El Plano, participarão no concurso Pintando teu {guarrino};, para que decorem uma figura da Rotunda do Presunto da localidade.

El presidente da Câmara Municipal, Antonio Garrote, destacou que esta iniciativa está consolidada como uma das mais importantes de Monesterio , com a que se impulsiona ao turismo gastronómico e natural. Assegurou que este e outros eventos têm um grande impacto económico na localidade e como exemplo disse que «Monesterio não perde habitantes, a idade média é inferior à da Extremadura e os nascimentos som mais numerosos que a média da Comunidade».

Cabezas disse que «se os povos/povoações têm iniciativas como esta, estão vivo e estabelecerão a seus vizinhos/moradores ao território».

As notícias mais...