Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 21 de janeiro de 2018

15.101 turistas aproximaram-se a ver o castelo de Lua o ano passado

O 65% são extremenhos, seguidos/continuados de andaluzes e madrilenos

PABLO CORDOVILLA prov-badajoz@extremadura.elperiodico.com ALBURQUERQUE
04/01/2018

 

Segundo os dados que {obran} em poder/conseguir da Posto de Turismo de Alburquerque, 15.101 visitantes usufruíram durante no passado ano das visitas guiadas no interior do castelo de Lua.

Eduardo Maya, treinador de turismo e responsável da escritório, explica que não é possível conhecer com exatidão quantas pessoas têm visitado Alburquerque durante o ano passado, «mas podemos contar com os indicadores estatísticos que {recogemos} na Escritório Municipal de Turismo e numa das fortalezas mais importantes do oeste peninsular, o castelo de Lua». Assim, um total de 8.526 pessoas passaram pela posto de turismo, que supõem um incremento do 35% em relação às do ano 2016, que foram ao todo 5.554.

A procedência é muito variada. Em relação ao número de visitantes nacionais, detalhados por comunidades autónomas, e de outros países, em torno do 65% eram extremenhos, seguidos/continuados de andaluzes e madrilenos. «Em maior ou menor número, nos têm visitado pessoas procedentes de todas as províncias espanholas». O contributo mais destacada em relação ao número de visitantes estrangeiros a faz o país vizinho/morador de Portugal, seguido/continuado de Estados Unidos e França. A maior parte dos norte-americanos procedem de Novo México, Alburquerque, «que vêm a visitar a pintura ao fresco do pintor {Frederick} {Vigil}, financiada em grande parte pela cidade norte-americana para unir laços culturais com nosso povo/vila, já que ambos estão irmanados», assinala Maya.

Um ano mais, o segmento de população que em maior medida requereu os serviços da Posto de Turismo foi o que engloba a pessoas entre 30 e 50 anos de idade que viajam em família, em grupos de amigos ou aos pares e cujo principal motivo foi conhecer o património histórico-artístico {alburquerqueño}, seu {ornitología}, gastronomia, seus festivais medievais e {Contempopránea}, festas, competições desportivas e também turismo de caravanas, terceira idade, motoqueiros e colégios, que vão em aumento. Desde a Posto de Turismo atenderam a 73 grupos que realizaram visitas concertadas com guia, o que soma aproximadamente 4.000 pessoas as que se beneficiaram deste serviço. Os grupos se dividem em dois categorias: o das agências de viagens, com um total de 39 grupos e o dos docentes onde foram 34, entre colégios e institutos de ensino secundário.

Embora cada vez há maior homogeneidade na distribuição mensal de visitantes ao longo do ano, o maior número se concentra, principalmente, entre os meses de Março e Agosto, excluindo Junho, que é o mês com menor número de visitantes. Pelo contrário, como é habitual, o mês de Agosto, sobressai significativamente do resto.

As notícias mais...