Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 20 de novembro de 2017

Um novo centro de {tecnificación} se instalará no Instituto/liceu O {Brocense}

A Federação Extremenha, satisfeita com a progressão de seu desporto

EFE CÁCERES
14/09/2017

 

Cáceres contará com um centro de {tecnificación} de esgrima no Instituto/liceu de Ensino Secundário ({IES}) O {Brocense} para apoiar aos atiradores extremenhos e que assim consigam destacar nas diferentes competições nacionais e internacionais.

O presidente da Federação Extremenha de Esgrima, Vicente Santos, em declarações a Efe, manifestou ontem que a prática deste desporto na região «está em auge» e já conta com 100 licenças. Neste sentido indicou que desde 2015, quando se criou a federação extremenha, se passou de doze atiradores e um clube na região a uma centena de praticantes e seis clubes.

Santos lamentou que Extremadura tenha estado durante anos «à cauda em esgrima», mas assinala que atualmente se começa a destacar e espera que o Centro de {Tecnificación} ajude a isso.

Igualmente assinala, para aqueles que o desconheçam, que o esgrima é um desporto «seguro» e que ensina valores de respeito ao contrário. «Há muitas mais lesões em futebol ou em ténis que no esgrima porque não vai-se a fazer mal ao contrário, mas somente a tocarle e vais muito bem protegido», explicou.

A época de esgrima 2017-2018 arrancou. Os interessados em praticar este desporto o podem fazer em Cáceres na Sala de Armas del Instituto de Secundaria {El} {Brocense} y en el gimnasio {Sancha} {Brava} de Badajoz.

As notícias mais...