Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 25 de janeiro de 2020

Ser líder «não é suficiente» no seio do Villanovense

O treinador Pepe Masegosa valoriza a evolução positiva da equipa

CARLOS PINO
04/12/2019

 

O fim-de-semana de descanso/intervalo vai a permitir que o Villanovense usufrua de duas semanas como líder em solitário. Algo estranho nesta primeira volta em onde a Terceira extremenha se tem caraterizado por uma espantosa igualdade. No domingo passado os {serones} souberam tirar um bom resultado numas condições péssimas para jogar futebol, mas em Villanueva de la Serena acreditam que ainda há muita margem de melhoria.

A má rajada de resultados se superou completamente e agora se pensa em seguir/continuar com a boa dinâmica. Apesar disso, agora quando há melhores sensações, seu treinador avisa de que ainda temos de melhorar. Não vale com ganhar e dominar temos de jogar melhor e continuar a crescer. «Quanto a domínio o temos claro, mas quanto a elaboração temos que dar um pouco/bocado mais de continuidade. Isso, se vamos conseguindo pontos e vamos sendo líderes em solitário certamente seja mais fácil porque o murmúrio não estará aí», assegura Pepe Masegosa, que valoriza a liderança como uma maneira de ganhar confiança, sobretudo depois de/após uma época na qual teve maus resultados. «Está bem ser líder, ver-te na classificação cada domingo muito alto mas acredito/acho que temos que olhar muito como estamos evoluindo em relação aos partidos em onde tivemos a má dinâmica, eu acredito/acho que aí temos evoluído um pouco/bocado mais».

Recorda que quando temos de estar bem é a final da época, pelo que acredita que em casa se deve jogar com menos pressão. «Acredito/acho que devemos ser responsáveis, o ter um objetivo claro, que é ascender, mas não meter-nos mais pressão da conta».

Sublinhou que com o estado que tinha o terreno de jogo no domingo passado era muito complicado fazer um bom jogo e comprovar uma melhoria. Apesar disso valoriza o bom resultado e a contundência em momentos chaves do jogo/partido: «Vamos tirando pontos, temos uma boa dinâmica, vamos crescendo como plantel/elenco e disso trata-se, de tentar que a rajada siga/continue e que toda a gente esteja ligado».

PARALISAÇÃO POSITIVA / O Villanovense terá agora vários dias para recuperar a jogadores carregados ou lesionados e para que o nova contratação, {Mamau}, vá pegando forma. Pepe Masegosa não acredita que o fim-de-semana de descanso/intervalo lhes quebre a dinâmica, mas lhes pode servir para corrigir e voltar à competição “ligados”, como ao início de liga. «Quando {encadenas} várias vitórias consecutivas parece que vem mau, mas nós temos demonstrado que sem competição somos uma equipa que trabalha muito bem, como em pré-época. Fizemos uma pré-época muito boa e {llegamos} ao início de liga muito ligados».

A ideia continua a ser a mesma, ir polindo erros para evoluir a melhor porque, apesar de bom momento, acredita que ainda fica muito por decidir-se: «O objetivo está claro mas o objetivo temos de {madurarlo}».

As notícias mais...