+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Rafa Nadal assume que deve melhorar após passar ronda sem um jogo fluido

O número 1 elimina a {Delbonis} e {Carreño} espera

 

Nadal se interessa por uma recolha. - EFE

JAUME PUJOL-GARCERAN BARCELONA
24/01/2020

Rafael Nadal já está em terceira ronda no Aberto de Austrália após impor-se ao argentino Federico Delbonis por 6-3, 7-6 (7-4) e 6-1 mas não se foi embora satisfeito e a {Rod} {Laver} Areia. «Necessito melhorar, é uma realidade», confessou após o triunfo.

«O jogo/partido deveria ter sido muito mais simples», destacou Nadal, ao que ontem Delbonis (76 mundial) fez sofrer mais da conta. No primeiro set o das ilhas Baleares não conseguiu fazer o ‘{break}’ até depois de/após sete intentonas, seis deles no segundo jogo que Delbonis salvou após 14 minutos de briga. Mas o pior chegaria na segunda manga.

«Uma catástrofe», admitiu Nadal, que desperdiçou os nove ‘{break} {points}’ que teve nesse set. «Tenho tido oportunidades em quase todos os seus {saques}, uma vez, outra e outra vez», lhe dizia a {Àlex} {Corretja} numa entrevista em {Eurosport}. Nadal chegou a temer que se lhe escapasse o set. «Nos temos plantado com 5-4, 30-30 e qualquer coisa podia passar», reconhecia o número 1 que acabou ganhando o ‘{tie} {break}’ (7-4).

Após 70 minutos de sofrimento, Nadal quebrou por fim o tire de Delbonis à primeira ocasião no terceiro set (3-1) e já não deixou escapar a vantagem com comodidade embora ainda se levaria um bom susto quando atirou uma bola à cabeça duma apanha-bolas. Nadal correu a assisti-la e lhe deu um beijo de prémio. «Me tenho assustado. O {bolazo} foi forte», disse após o jogo/partido aos espectadores, que aplaudiram seu gesto. Também não estava contente/satisfeito pelas condições das pistas. «A bola está muito pesada e a pista é mais lenta. Não é o melhor. A mim gosto que a bola seja mais viva. Assim não consigo danificar ao rival», explicou.

VITÓRIAS ESPANHOLAS / Agora chegam partidos comprometidos e Nadal sabe que deverá melhorar. O primeiro será amanhã frente a Pablo Carreño (30 mundial) que venceu ao alemão Peter Gojowczyk (6-4, 6-1, 1-6, 6-4).

Também passaram a terceira ronda Fernando Verdasco e {Garbiñe} {Muguruza}. O tenista madrileno venceu a {Nikolov} {Basilashvili} (4-6, 7-6 (5), 6-4, 6-4) e se cruzará com {Alexander} {Zverev} (6 mundial). A {hispanovenezolana} se desfez de {AjlaT} {omljanovic} (6-3, 3-6, 6-3) e se enfrentará por uma praça/vaga em oitavos a {Elina} {Svitolina} (5 mundial). Se despediram Carla Suárez, Sara Sorribes, {Jaume} {Munar} e Pedro Martínez.