Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 8 de dezembro de 2019

A praça/vaga se veste de verde Cacereño

O {CPC} apresentou ontem aos jogadores que lutarão pelo promoção a Segunda B numa concorrida festa na praça/vaga Maior de Cáceres. A equipa joga hoje seu primeiro amistosos/jogo particular de pré-época perante o Extremadura no Príncipe Felipe (19.30 {hs}.)

PILAR GARCÍA SÁNCHEZ
20/07/2019

 

La fachada do Ayuntamiento de Cáceres se visitou de verde, como a praça/vaga Maior. O motivo, receber/acolher ao único clube centenário da região, o Cacereño, que numa inovadora festa apresentou à plantel/quadro pela que lutará pelo promoção a Segunda Divisão antes do amistosos/jogo particular de amanhã (jogo/partido do centenário) perante o Extremadura no Príncipe Felipe (19.30 horas).

Tinha turistas, curiosos que não sabiam o que passava, mas também muitos adeptos do Cacereño. Era fácil identificá-los. Muitos iam com a t-shirt do clube. Outros com galhardetes. E todos cantavam o hino da equipa verde e aproveitavam para fazer-se fotografias com os jogadores, os novos e os que seguem/continuam da época passada.

Foi um espetáculo em toda a linha. Com música e fumo, que acompanhava a cada jogadora quando aparecia no cenário. La palavra mais repetida foi ‘promoção’. Esteve em boca de todos. «No fim de época temos que ascender», disse o treinador Julio Cobos, como se estivesse citando aos adeptos para uma nova festa no mesmo lugar para dentro de dez meses. «É o melhor maquinista que podemos ter para este comboio chamado Cacereño», acrescentou o presidente do clube, Carlos Ordóñez, em referência ao preparador.

Agradecido pelas amostras de carinho e apoio estava Alberto Delgado, que como capitão da plantel/quadro lhe tocou falar em nome de todos. Também agradeceu o apoio dos cacerenhos Luis Puebla, diretor-geral, entre {vitores} dos presentes. «O mais importante é sempre o Cacereño», terminou o dirigente

Por último, o presidente da Câmara Municipal, Luis Salaya, que recebeu uma t-shirt do centenário como antes tinha facto/feito sua predecessora no cargo, felicitou ao clube e agradeceu o apoio dos presentes na festa. E, o mais importante, assegurou que estará implicado com o clube.

Um par de grupos, {Delroy} e La Pasma, intervieram numa festa que aspira a ter continuidade em finais de Maio. Ou como muito tarde em Junho. Séria sinal de objetivo conseguido.

O jogo/partido do centenário

Hoy, sem apenas rodagem, o Cacereño se enfrenta no jogo/partido do centenário uma equipa dois categorias acima, o Extremadura, que chega ao Príncipe Felipe (19.30 horas) com dois exjogadores verdes em suas filas, David Rocha e {Álex} Dez. O encontro é gratuito para os pagados verdes e isso se tem notado durante a semana, já que foram mais os adeptos que se passaram a retirar seu adubo/prestação/pagamento.

O pessoal do Cacereño começou os treinos na quarta-feira. Tanto/golo esse dia como o seguinte teve dobro sessão, mas ontem só/sozinho uma. «Não se pode pedir muito», disse Cobos. «Só/sozinho peço que as pessoas se o passe bem vendo a seu Cacereño e uma equipa de Segunda e que não tenha lesões», acrescentou.

Para o Extremadura, que começou sua pré-época uma semana antes, será o seu segundo encontro de pré-época após o jogado em {Marbella} perante o {Reading} inglês. Serão muitas as provas que faça Manuel Mosquera, que também tem a seu plantel/elenco em construção e que ontem mesmo anunciou dois contratações, {Óscar} ‘{Pinchi}’ e Cristian Rodríguez, ambos procedentes do filial azul-vermelho.

As notícias mais...