Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 3 de abril de 2020

O Mérida pede adiar o derby de domingo perante o Badajoz

O clube romano «discorda» com a medida governamental e propõe jogar entre semana

NONO SAAVEDRA deportes@extremadura.elperiodico.com MÉRIDA
11/03/2020

 

A crise do coronavirus tem provocado que todos os eventos desportivos se disputem à porta fechada e a Segunda B não foi uma exceção. Portanto, o derby do próximo domingo entre o Mérida e o Badajoz se disputará sem público. Se previa um grande ambiente nas bancadas do {esadio} Romano, tanto/golo por parte local como visitante, mas as circunstâncias sanitárias têm obrigado à Real Federação Espanhola de Futebol a estender esta determinação na categoria/escalão de bronze do futebol espanhol.

Desde/a partir de o Mérida querem {aplaar} o choque. Entendem «a preocupação das autoridades e instituições contra a propagação do {COVID}-19», mas também deixam claro que «{discrepamos}» em que jogar à porta fechada «seja a melhor medida para salvaguardar também a saúde dos nossos jogadores, corpo treinador e demais profissionais que participam em dito encontro».

Neste sentido, a entidade emeritense anuncia que «vamos a tentar fazer tudo o possível e {apelaremos} a todos os estamentos correspondentes para conseguir o adiamento das jornadas 29 [o derby] e 30 [na próxima semana a domicílio face ao Sevilla Atlético]», argumentando que o calendário o permite já que esta categoria/escalão «não tem o colapso de partidos que pode ter no Futebol Profissional».

Segundo o Mérida, o adiamento de ambas jornadas seria a medida «mais adequada, já que permitiria que estes encontros se disputassem salvaguardando a saúde de todos, tanto/golo futebolistas e profissionais, como a dos adeptos, e não adulteraria a competição». Também se enfatiza o prejuízo que seria jogar sem adeptos «um jogo/partido tão importante para nosso plantel/elenco, tendo muito em conta além disso as grandes perdas económicas que acarretaria ao clube o não poder/conseguir disputar este encontro desta envergadura com público».

Deixando clara as desculpas aos adeptos numa decisão que «não depende em nenhum caso diretamente do clube», explicam em relação às bilhetes, que «nos próximos dias {comunicaremos} como será o procedimento de re-embolso das bilhetes, que se levar a cabo no qual caso de que não se {aceptara} o adiamento do jogo/partido».

Ao outro plantel/elenco extremenho de Segunda B, o Don Benito, lhe corresponde jogar em casa esta jornada, face ao {Yeclano} às 12.00 como hora fixada. A média/meia tarde o clube vermelho e branco assegurava não ter recebido comunicação oficial alguma, informa Carlos Pino, e esperava instruções para jogar sem adeptos.

As notícias mais...