Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 28 de fevereiro de 2020

El Madrid, obrigado a dar uma volta a seu jogo no Bernabéu

Los brancos, que recebem ao {Galatasaray}, não ganham em casa em Champions desde o 2018

EFE
06/11/2019

 

El Madrid está obrigado a corrigir sua má rajada no Bernabéu em Liga de Campeões, onde não vence desde o 23 de Outubro de 2018, perante um {Galatasaray} (21.00 horas) sem sua estrela {Radamel} {Falcao}, contra o que levantou o voo em Estambul e agora deve dar um passo em firme/assine até os oitavos.

Três partidos sem vencer no Bernabéu, dois derrotas perante {CSKA} e {Ajax}, que custou a eliminação na passada edição de Champions, mais um empate face ao Bruxas na atual, nove goleadores contra. É a pior rajada na competição do Madrid, obrigado a dar-lhe um giro/gracioso urgentíssimo se quer aspirar ao título.

Com a mentalidade de ‘final’, como assegurou esta terça-feira o seu segundo capitão {Marcelo}, encarará o pessoal madrilismo um novo duelo perante um {Galatasaray} ao que sempre goleou no Bernabéu em três precedentes. Los de Zidane responderam bem diante da pressão no Ali Sami Yen, assinando um triunfo tão curto como necessário para abandonar o último lugar da classificação. Agora, em casa de repetir vitória aproximar-se-ão aos oitavos de final.

Chega o Madrid à cita/marcação/encontro após um exercício de impotência na definição. Seu falta de golo perante o Real {Betis} lhe deixou sem liderança em solitário em liga e sem que Zidane assinasse sete meses depois três vitórias consecutivas. Se esperam poucos retoques em seu onze mais além do regresso de {Marcelo} em lado esquerdo e {Fede} {Valverde} como novo pulmão do centro do campo.

Com as baixas de {Gareth} {Bale}, de novo no centro da polémica por ser convocado com {Gales} sem ter reaparecido com o Real Madrid após lesionar-se com sua seleção, mais {James}, Quadro {Asensio} e {Nacho}, a única dúvida por {despejar} no plantel/elenco titular de Zidane é o terceiro integrante do tridente ofendido.

As notícias mais...