Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 5 de dezembro de 2019

Frente comum dos clubes contra de Luis Rubiales

ALEJANDRO GARCÍA MADRID
13/08/2019

 

La guerra dos horários está longe de terminar, apesar de que a Federação Espanhola de Futebol ({RFEF}) cantou vitória após a sentença cautelar que na sexta-feira passada proibiu o futebol às segundas-feiras. {LaLiga} fez ontem uma nova demonstração de força, com todos os clubes reunidos para apoiar a Javier Tebas ao mesmo tempo que Luis Rubiales reclamava diálogo mediante uma carta.

Os 42 clubes profissionais espanhóis não vão a negociar com a federação para procurar uma solução ao confronto que mantêm. {LaLiga} seguirá/continuará tentando que se joguem partidos aos segunda-feira pela via da guerra total com a {RFEF} que propõe seu presidente, Javier Tebas. Assim se determinou na assembleia extraordinária que celebrou {LaLiga} o meio-dia de ontem, que não fez mais que referendar a posição que já tinha exibido o patronato perante Rubiales, a federação e a sentença judicial que emitiu parecer que não tivesse futebol às segundas-feiras.

Os clubes têm tomado uma decisão firme/assine de não negociar com a federação, com certa indignação pela carta que lhes remeteu Rubiales. Nela, instava a «manter uma negociação franca e de boa fé» que, assegura, «poderia começar esta mesma tarde, precisamente aproveitando que os clubes já estão em Madrid».

La negativa dos clubes, entre certa indignação, chegou em forma de apoio unânime a Javier Tebas e a sua estratégia de tomar a sentença do juiz Sánchez Magro como uma vitória parcial, o preâmbulo do triunfo final, com recurso de por meio: «Já conseguimos jogar às sextas-feiras e estou convencido de que jogaremos também às segundas-feiras. Agora fica recorrer», assegurou Tebas.

Depois da sentença judicial que admitiu, em parte, as medidas cautelares que pedia {LaLiga}, o campeonato começará esta sexta-feira com o jogo/partido Athletic-Barça, depois de/após dois mudanças de horários que também afetam à segunda e à terceira jornada, embora em nenhuma terá jogo/partido de segunda-feira.

{LaLiga} e a federação já publicaram um calendário conjunto/clube das três primeiras jornadas. La organização do resto de calendário está pendente do recurso judicial ainda por resolver, outra escaramuça na batalha pelos horários, outra mais na guerra entre Tebas e Rubiales.

As notícias mais...