Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 29 de março de 2020

{Fognini} jogará em Barcelona após conquistar {Montecarlo}

L. M. BARCELONA
22/04/2019

 

{Fabio} {Fognini}, de 31 anos, levantou ontem em {Montecarlo} o título mais importante de sua corrida/curso ao impor-se ao sérvio {Dusan} {Lajovic} por 6-3 e 6-4, numa hora e 38 minutos. É o primeiro Mestrados 1000 na corrida/curso do tenista italiano, que se converterá numa das atrações do torneio Barcelona Open Banc Sabadell, que se disputa nesta semana no {RCT} Barcelona.

{Lajovic}, novato na última ronda de um torneio como profissional, acusou seu falta de rodagem nestas situações. Tinha protagonizado um torneio muito bom, com vitórias perante o {tunecino} {Malek} {Jaziri}, o belga David Goffin, o {austríaco} {Dominic} {Thiem}, o italiano Lorenzo Sonego e o russo {Daniil} Medvedev, mas cedeu perante {Fognini}.

Depois de/após destronar a Rafa Nadal em meias-finais, o tenista italiano, número 18 do mundo, não desaproveitou sua oportunidade e dominó a final com autoridade.

A presença tanto/golo de de {Fognini} como de Rafa Nadal elevará as expectativas do torneio barcelonês, que abre hoje seu 67ª edição, e que contará com um quadro de alto nível pela presença, entre outros, do alemão {Alexander} {Zverev}, do japonês {Kei} {Nishikori} (campeão no 2014 e o 2015) do {austríaco} Dominique Thiem ou do grego {Stefanos} {Tsitsipas}, finalista da passada edição, estes dois últimos na parte do quadro do jogador maiorquino.

Entre os estímulos do torneio estará a presença do alicantino David Ferrer que, em seu último aparecimento no torneio barcelonês antes de sua retirada, poderia encontrar-se em oitavos com Nadal, que procura seu título número 12 nesta edição, e que não se estreará até ao quarta-feira sobre/em relação a a terra barcelonesa.

As notícias mais...