+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Faltou nada para outra façanha

Um excelente Cáceres pôde levar-se o jogo/partido duas vezes em {Palencia}, mas terminou caindo

 

Jorge Bilbao mói. Teve uma fase de jogo excecional no segundo quarto. - {PALENCIA} BASQUETEBOL

Aitor Zubizarreta sobe a bola diante da pressão de Lucas Antúnez. Esteve 34 minutos em pista pela ausência por lesão de Ricardo Úriz. -

JAVIER ORTIZ
06/12/2019

Acima de ganhar ou perder, vai haver que ir arrecadando fundos em Cáceres para erigirle um monumento seu plantel/elenco da LEB Oro. Ontem à noite ofereceu uma colossal demonstração de fé perante um dos ‘grandes’ da competição, o {Trapa} {Palencia}, e até em duas ocasiões só/sozinho lhe faltaram centímetros para levar-se o que tivesse sido o quinto triunfo seguido/continuado. 87-86 na prorrogação mas com a cabeça alta. Poucas planteis/quadros têm representado melhor a t-shirt em perto já de 30 anos de basquetebol profissional na cidade.

Há algo de magnético em tudo o que transmitem estes jogadores e este corpo treinador: misturam com frieza a entrega e a ordem. Não é que dê o mesmo o resultado, mas quase.

Foram 45 minutos de puro {basket}, num ambiente excecional que o Multiusos deveria copiar. Roberto Blanco apresentou uma surpresa como titular: {Sylvester} {Berg} como estremo alto em lugar de sua habitual posição de ‘4’. Pretendia acrescentar/adicionar um ‘extra’ físico e em princípio não lhe saiu completamente mau. O dinamarquês fez dano com seu desdobre, mas o {Palencia} apareceu mais cómodo do que podia imaginar e encontrou bons tiros/lançamentos para {Travis} {Bader}.

LUTA ABERTA / Assim se passou rápido um 10-4 e depois a um 17-11 ({min}. 7) que obrigou parar o jogo/partido. Se pretendia esclarecer ideias com as mudanças, embora se acrescentava o consabido risco de dar a batuta da direção a {Ferrán} Ventura, obrigado pela baixa por lesão de Ricardo Úriz. Dois tiros/lançamentos livres seus reduziram no fim do primeiro quarto uns danos que puderam ser maiores/ancianidade devido às inesperadas gretas defensivas (24-20).

O segundo começou com uma enorme fase de jogo de Jorge Bilbao, omnipresente e plenário/pleno de força e colocação nas duas zonas e cujo estreitamente foi instrumental para pôr-se pela frente/por diante (28-30, {min}. 14). Como se não bastasse, {Bader} fez a terceira falta seguidamente.

O momento mais alto chegou com um esperançoso 32-39 a apenas 3 minutos para o descanso/intervalo, mas em vez de nervos, isso {encorajinó} ao plantel/elenco local, que, alentado por um público ‘quente’ por várias decisões arbitrárias, se recompôs bem e deixou a situação aberta no descanso (42-40).

Do descanso/intervalo regressou o Cáceres da solidez e o companheirismo, um exército fanático em defesa e equilibrado no ataque. Como se não bastasse, {Bader} tinha que sentar-se outra vez por pessoais.

Com várias vantagens que não ultrapassaram os quatro pontos (47-51, 30-54, 53-57) {Palencia} se agarrou aos triplos com certo grau/curso universitário de desesperança para segurar-se ao jogo/partido e o conseguiu mesmo recuperando o comando (61-59, {min}. 30).

Seguidamente foram os extremenhos os que evitaram o k.ou. treinador: com 69-62 ({min}. 33) era fácil {capitular}. No entanto, um parcial de 0-9 permitiu entrar nos três últimos minutos a toda mecha (70-75). Na última jogada, {Arkeem} Joseph se {trastabilló} e se chegou à prorrogação (77-77). Nela também teve grandes opções, mas de novo o norte-americano falhou um tiro sobre/em relação a a buzina com o 87-86 final. Que pena, mas que grande orgulho.

{palencia} 87

Cáceres 86

3Marcador por quartos: 24-20, 42-40 (descanso/intervalo), 61-59, 77-77 (final do tempo regulamentar) e 87-86 (final prorrogação).

3Árbitros: Sacristão, Garvín e García. Eliminado: {Nikolic} ({min}. 32), {Berg} ({min}. 34) e Bilbao ({min}. 45)..

3Pabellón: Municipal de {Palencia}.

3Espectadores: 4.500.

3Chocolates {Trapa} {Palencia}: Dani Rodríguez (12), {Mindaugas} {Kacinas} (11), {Travis} {Bader} (10), {Simas} {Jasaitis} (8), {Kevin} {Larsen} (15) -cinco inicial- Lucas Antúnez (1), Felipe dois {Anjos} (2), Jordi Grimau (8), Paul Jorgensen (16), Jaime Pradilla (3),

3Cáceres Património da Humanidade: Aitor Zubizarreta (12), {Nikola} {Rakocevic} (6), {Sylvester} {Berg} (12), {Jordy} {Kuiper} (18), {Arkeem} Joseph (10) -cinco inicial-, {Ferrán} Ventura (5), Luis Parejo (6), Milão {Nikolic} (5), Jorge Bilbao (12).