Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 23 de septembro de 2017

O Extremadura tropeça em A Linha

Um {tempranero} golo do {Linense} condiciona um jogo/partido que os azul-vermelho nunca renunciaram a ganhar

ÁREA 11 deportes@extremadura.elperiodico.com LA LÍNEA DE LA CONCEPCIÓN
11/09/2017

 

Vuelve de vazio o Extremadura após seu visita ao Municipal de A Linha da Concepción (2-0). O conjunto/clube de Agustín Izquierdo não mereceu tal fortuna, mas umas {tempraneras} mãos de Aitor no interior da área foram o princípio do fim. Sergio Molina não falhou desde os onze metros e já soma três golos no que vai da época. Curiosamente todos eles antes do quarto de hora de jogo. Tratou de reagir o Extremadura, e o conseguiu, embora sem o medida certa em vanguarda necessário para incomodar uma equipa como a {Balompédica} {Linense}, novo líder do grupo quarto de Segunda Divisão B.

Apesar de tudo, os de Agustín Izquierdo o tentaram até ao fim, mesmo com a {dupla} {Willy}-{Airam} {Cabrera} no ataque, mas nem assim. É mais, {Juampe}, que acabava de entrar no terreno de jogo se encarregou de certificar o triunfo dos treinados pelo ex do Villanovense Julio Cobos. O quadro azul-vermelho cede desta forma sua primeira derrota da época.

GRANDE PENALIDADE DE AITOR / Começou o quadro {almendralejense} exercendo uma boa pressão sobre/em relação a a saída da bola dos {campogibraltareños}, o que lhes permitiu recuperar bolas e gerar algo de incerteza sobre/em relação a a área {balona}. No entanto, quando parecia que os de Izquierdo se tinham estabelecido bem sobre/em relação a o terreno de jogo, um grande penalidade cometido por Aitor o transformou Sergio Molina no 1-0. Apenas se levavam dez minutos de encontro e já tocava remar contracorrente em A Linha. O golo deixou tocado à esquadra azul-vermelho, enquanto os {linenses} se cresceram e rondaram o 2-0 com um grande centro à área de {Madrigal} que não encontrou colega. Mesmo assim, {Airam} Benito pôde equilibrar sobre/em relação a a média hora de jogo mas {Montoya} lhe adivinhou as intenções. E antes do {asueto} foi o Búfalo {Willy} {Ledesma} o que provou fortuna com um disparo que morreu nas mãos do {cancerbero} local. Apertava os dentes o conjunto/clube do Francisco de la Hera, consciente que agora era seu momento. Javi Pérez roçou de novo o empate com um livre direto. Minutos antes {Stoichkov} tinha tido uma {volea} a passe de Gato que não chegou a conetar. Assim se chegou no descanso de um jogo/partido com muitas {alternartivas} e no qual os de Agustín Izquierdo não mereceram ir-se abaixo a balneários. A ambição dos extremenhos não se viu recompensada face a baliza.

LANÇADOS AO ATAQUE / Não {quito} o pé do acelerador o Extremadura após os quinze minutos de {receso}. Ao contrário. O conjunto/clube do Francisco de la Hera saiu com o mesmo acordo/compromisso da primeira metade, tentar asfixiar o jogo da {Balompédica} {Linense} desde atrás. Julio Cobos viu que seu plantel/elenco tinha perdido o domínio e decidiu revitalizar a seu plantel/elenco dando entrada ao colombiano {Wilson} Couro pelo {sanrroqueño} {Stoichkov}. Avançado/ponta de lança por avançado/ponta de lança. Agustín Izquierdo também optou por dar oxigénio e procurou o revulsivo na figura do {uruguauo} {Gio} {Zarfino}.

O jogo/partido mudou por completo porque agora sim o Extremadura se {adueñó} da posse do esférico e circulou com critério o mesmo. Só/sozinho faltavam as ocasiões. Os azuis-vermelhos {percutían} e {percutían} mas não encontrava nenhuma via de água na densa defesa da {balona}. Nem {Willy}, que se {fajaba} com a defesa local, tinha aproximações claras. Agustín Izquierdo se jogou o tudo pelo tudo e lhe deu os últimos vinte minutos uma oportunidade a {Airam} {Cabrera} em substituição de seu conterrâneo {Airam} Benito, quem justo antes de sair pôs a prova a Javi Montoya. Seria mais efetiva o última mudança de Julio Cobos. {Juampe}, aos dois minutos de ingressar no terreno de jogo, assinaria a sentença. Jogada pessoal do {albinegro} e remate ajustado à base do poste. Impossível para {Manu} García. Diminuíam oito minutos mas a sensação da expedição azul-vermelho era de que já nada se podia fazer.

{linense} 2

Extremadura 0

3Goles: 1-0: {min}. 10, Sergio Molina (de grande penalidade). 2-0: {min}. 82, {Juampe}.

3Árbitro: {Arias} Madrid, {ceutí}. Admoestou aos locais Sergio Rodríguez e Gato; e aos visitantes Aitor e {Zarfino}

3Estadio: Municipal de A Linha.

3Espectadores: 1.200.

3Balompédica {Linense}: Montoya; Sergio Rodríguez, {Dennis} Nevoeiros, Mario Gómez, {Madrigal}; Jovem, Sara; Gato ({Juampe}, {min}. 80), Molina ({Espinar}, {min}. 69), José Ramón; {Stoichkov} ({Wilson} Couro, {min}. 58).

3Extremadura: {Manu} García; Aitor, Pardo, {Borja}, {Candela}; {Airam} Benito ({Airam} {Cabrera}, {min}. 73), {Miranda} ({Zarfino}, {min}. 60), Rubio (Javi Pérez, {min}. 25); Jairo, {Willy}, {Valverde}.

As notícias mais...