Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 14 de novembro de 2018

Dos detidos mais ontem pela Operação Cortés

La Fiscalía distingue a atual à de Fevereiro

REDACCIÓN BADAJOZ
14/06/2018

 

O Tribunal de Instrução Número 1 de Zafra decretou prisão provisória evitável mediante fiança de 3.000 euros para outras duas da vintena de pessoas que foram detidas dentro da operação Cortés contra o {amaño} de partidos de futebol. Segundo informou a Fiscalía de Badajoz, estas duas pessoas são J.C.G., procedente de Valência, que pertence à trama inicial de Fevereiro embora foi detido agora, e R.B.R., de Madrid, vinculado com a trama atual. La decisão judicial sobre/em relação a estas duas pessoas, que coincide com os solicitado pela Fiscalía, estabelece também a obrigatoriedade de comparência judicial, proibição de saída do território nacional e retirada de passaportes. La Fiscalía expressou que as detenções atuais (operação Cortés) representam uma trama «separada e bem diferenciada» em relação ao grupo de investigados a Fevereiro (Operação Pizarro).

As notícias mais...