+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O Don Benito, diante da possibilidade de eliminar a um rival

Os {rojiblancos} se medem ao filial do Granada sem Abraham Pozo, {Santana} nem Guille Torres

 

Manu Ramírez, com a bola. Poderia ocupar a vacante na medular de Abraham Pozo, baixa por sanção. - CARLOS PINO

CARLOS PINO
23/02/2020

El Don Benito quiere seguir creciendo en la segunda vuelta y tiene esta tarde en Granada (18.00 horas) a possibilidade de quase eliminar a um rival direto na luta da manutenção, o Recriativo Granada, penúltimo, mas que na segunda volta está tendo muito bons números. A baixa de Abraham Pozo é a pior notícia para os de Juan García.

El jogo/partido desta tarde é dos de valor dobro, porque se somam três pontos e se deixa a um rival sem três. Expressado isto na classificação, suporia que o Don Benito, em caso de ganhar, lhe meteria dez pontos ao filial {nazarí}. «Conseguir a vitória te daria além disso o ponto mais do {average} e depois te {pones} com 32 e te dá a possibilidade de jogar-te-la contra um rival direto», dizia Juan García na prévia.

Os {dombenitenses} terão as baixas de Abraham Pozo, que cumpre ciclo de amarelas. Seu posto na medular o poderia ocupar Manu Ramírez, que sempre que sai cumpre. Outra opção poderia ser {Sillero} ou {Óscar} Fernández. Também faltarão por lesão {Santana} e Guille Torres. De novo o desenho marcará o onze. Jogue quem jogue, García procura aos seus que enfrentem o jogo/partido como uma final. «Todos os partidos são como se fossem o último, em cada ação temos que dar o resto para tentar conseguir o três pontos, não podemos apresentar o jogo/partido doutra maneira».

Se para o Don Benito é uma final, para o Recriativo Granada é quase um jogo/partido definitivo, porque em caso de perder poderiam ser até 10 pontos os que lhes separassem da manutenção.

El filial {nazarí} se tem reforçado em inverno, mas continua a ser o pior em seu feudo, algo pouco/bocado comum nos filiales. Só/sozinho têm ganho dois partidos em casa, mas na segunda volta conseguiram já oito pontos, o que evidencia uma recuperação. Terão a baixa de Alberto e de Pepe, ambos por sanção, dois dos fixos na defesa granadina: «Temos que ser pacientes, que a necessidade a tem a equipa local e que saibamos interpretar o jogo de maneira inteligente», afirma Juan García.

Na primeira volta o promoção dos de Juan García começou precisamente contra o Recriativo Granada e agora esperam que a história se repita para começar a consolidar-se no grupo.