+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

David Barca vai-se embora e zanga ao Villanovense

 

REDACCIÓN VILLANUEVA DE LA SERENA
24/01/2020

Segue/continua o Villanovense tendo um inverno ‘movido’. Ontem a notícia foi a marcha de David Barca. Segundo anunciou o próprio clube {serón}, foi o jogador o que decidiu quebrar de forma unilateral seu vínculo, pelo que a entidade «se reserva o direito de empreender as ações legais que pudessem corresponderle por incumprimento de contrato».

Não têm transcendido os motivos pelos que Barca se tem ido. No domingo passado, em Olivença e no primeiro jogo/partido no banco de Javier Álvarez de los Mozos, foi titular, mas foi substituído no minuto 54 por Carlos. A essas alturas o marcador já era de 1-0, concluindo o choque com um 2-0 que tem sentado muito mau no seio do Villanovense.

Álvarez dos Mozos tinha substituído a Pepe Masagosa, destituído fulminantemente depois de/após perder duas semanas antes perante o Diocesano (5-1). É praticamente seguro que terá mais movimentos no seio da plantel/quadro e de facto o lógico seria incorporar a outro futebolista no lugar de David Barco, avançado/ponta de lança e autor de seis golos no que vai da época.

A equipa de Villanueva é terceiro, com 45 pontos, e aspira a ser campeonato para ter um caminho mais favorável na fase de promoção a Segunda B.