Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 20 de outubro de 2019

Corredera: «Temos muita margem de melhoria ainda no Badajoz»

O médio {blanquinegro}, feliz pelos resultados conseguidos

JOSÉ LUIS VELA
09/10/2019

 

«Temos muita margem de melhoria ainda”, reconhece o médio do CD Badajoz {Álex} Corredera, feliz pelos resultados da equipa que se situa terceiro no grupo IV de Segunda B, a dois pontos do São Fernando e o Cartagena. «Podemos melhorar todos e me {incluyo}, se pode dar um pouquinho mais. Isto vai por dinâmicas, por rajadas e o importante é o trabalho que estamos fazendo e que estamos conseguindo estar aí. Vamos a apertar para seguir/continuar melhorando cada dia», aponta.

O meio centralismo catalão explica que necessitam tempo para conhecer-se e também ao treinador {Mehdi} {Nafti}, «adaptar-nos uma equipa novo e a uns objetivos ambiciosos. Isto acaba de começar. Há momentos da época nos que a equipa estará melhor, outros pior e o importante é que os resultados vão saindo». De suas atuações, expõe que «sou um jogador que me {exijo} muito. Estou contente/satisfeito pelos resultados mas me {miro} a mim mesmo como desenvolvimento meu jogo e tenho muita margem de melhoria ainda. Isto acaba de começar mas sou exigente, sei que posso dar mais com passos adiante e poder/conseguir ajudar e dar meu grãozinho de areia, que o vamos a precisar para que todos {sumemos}».

Da vitória em Talavera por 0-2, {Álex} Corredera destaca que «não foi um jogo/partido muito vistoso para o adepto mas sim foi sério, completo e é um bom resultado. Era importante voltar a somar três pontos e estamos muito contentes. Fomos uma equipa sério ao que quando lhe chegam não se traduz em ocasiões claras de golo, sofre pouco/bocado e já seja em contra-ataque ou em jogadas a bola desempregado/parado estamos tirando muitos resultados sobre/em relação a fora de casa».

EM CIMA / O Badajoz se mantém entre os quatro de em cima. «Na semana passada parecia que se nos escapavam e nesta semana {volvemos} a estar aí. Levamos sete partidos, ficam mais de 90 pontos em jogo e isso é o de menos. É importante meter-se em cima desde o princípio e {engancharse} porque a cabeça estará muito lutada e quantos mais pontos possamos tirar e mais jornadas estar aí, melhor, para cumprir o objetivo de acabar entre os quatro primeiros», argumenta o futebolista girondino.

E no domingo (18.00), o {Villarrobledo}. «No fim parece que esses partidos em casa contra equipas que não vêm numa boa dinâmica temos de ganhá-los fácil mas sabemos que fácil nesta categoria/escalão não há nada. {Intentaremos} trabalhamos/trabalhámos a semana bem, encarar o jogo/partido com vontade e a ilusão/motivação de somar os três pontos e com tranquilidade de saber que não temos de ganhá-lo no minuto 10. O jogo/partido é muito longo/comprido. Esperamos que a hobby/adeptos nos {eche} uma mão, que sempre o faz no Novo Viveiro».

Perguntado/questionado se em casa os partidos são mais complicados, explica que «são encontros que tens que propor algo mais e as equipas especulam um pouco/bocado mais. Nestas primeiras jornadas nos falta conhecer-nos e pegar/apanhar automatismos, mas estamos tirando pontos», expõe.

«Lhe {ganamos} ao {Sevilla} Atlético que mira aos rivais que superou, no domingo superou ao São Fernando e antes ao Córdoba, ao Cartagena...Também {vencimos} ao {Algeciras} que tem começado muito bem e pelo tropeço perante o líder não temos que preocupar-nos, aprender dos erros que {cometimos} e resolvê-los como fizemos em Talavera. E para o que vem, seguir/continuar melhorando porque as equipas assim o fazem cada semana e nós não podemos ser menos».

A Corredera adoraria de novo ter a mais de 9.000 espectadores nas bancadas do estádio Novo Viveiro. “É muito importante que a hobby/adeptos esteja connosco nos bons e maus momentos e se estão connosco durante os 90 minutos no fim poderemos celebrar uma vitória».

DE 10 A 20 EUROS / Para o Badajoz-{Villarrobledo}, os pagados entrarão gratuito e os não pagados deverão pagar em tribuna 20 euros os adultos e 10 os meninos, 15 e 5 em preferência e 10 e 5 em fundo. A venda antecipada está disponível nas escritórios do estádio desde ontem a sexta-feira de 10 a 14 horas e de 17.30 a 20.30 horas e no ponto de venda do Centro Comercial O Farol. O clube recomenda adquirir a entrada de forma antecipada para evitar caudas o dia de jogo/partido. A entrada infantil deverá ser pagada por meninos maiores/ancianidade de 6 anos (inclusive) e os meninos menores de 6 anos terão acesso gratuito.

As notícias mais...