+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Contenção em Don Benito

Juan García defende a seus jogadores após o 1-2 perante o Mérida: «São os mesmos valentões que conseguiram os 23 pontos. Estamos em linha de conseguir o objetivo a final da época»

 

CARLOS PINO deportes@extremadura.elperiodico.com DON BENITO
17/01/2020

A de quarta-feira perante o Mérida (1-2) foi uma derrota da que mais doem, contra um rival direto, quase no último suspiro e por um erro evitável. Mas apesar disso o Don Benito voltou ontem ao estreitamente com a mente posta em tentar dar a surpresa da jornada no campo do líder, o Cartagena. Seu treinador, Juan García, apesar de estar doído pela derrota, felicitou a seu rival e recordou que ainda não se perdeu nada e que estão em onde queriam estar ao início da época. «Agora muitas equipas se mudariam por nós e ter 23 pontos».

O treinador do Don Benito assumiu como seus alguns erros de seus jogadores e outra vez num mau momento da sua equipa enfatizou sua fé em seus futebolistas. «São os mesmos valentões que conseguiram os 23 pontos. Estamos em linha de conseguir o objetivo a final da época. Nos temos que repor tão cedo quanto possível para chegar a Cartagena com a mente limpa», declarou o treinador {calabazón} após o jogo/partido.

García valorizou o estreitamente facto/feito por seu rival e lhe felicitou pela vitória, na sua opinião merecida: «Têm tido esse medida certa no cômputo total dos minutos, que nos tem excedido a nós, e dar-lhe a parabéns e tomá-lo de exemplo».

Por volta de do paralisação

Os {rojiblancos} têm ligado três derrotas consecutivas. A pior rajada no que vai de liga, embora começaram a liga com cinco partidos sem ganhar sim puderam raspar dois empates. Neste sentido acredita que a chave pode estar em manter o nível competitivo anterior ao paralisação natalícia. «São três derrotas consecutivas mas as coisas não as estamos fazendo mau. Temos outra oportunidade no domingo e temos que conseguir estar num nível competitivo alto», indicou García.

O líder enfrenta do jogo/partido depois de/após picar contra o Badajoz. Apesar disso o treinador não pensa na situação na tábua classificadora. Sua ideia é ir a competir/rivalizar/disputar ao máximo, como vem sendo habitual: «Vamos com as {mimas} vontade que se jogássemos contra qualquer outro plantel/elenco na classificação. São três pontos importantes».

Quem pode ter difícil sua participação no domingo é {Álex} Ferreira, que se retirou na primeira parte lesionado num de seus ombros após uma dura bilhete. Terá que esperar que diz as provas mas o forte dor com o que foi ao balneário faz pressagiar que não estará pronto/inteligente/esperto para no domingo.