Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 20 de septembro de 2019

A cena o ‘bombeiro’ {Puebla}

O diretor-geral o Cacereño dará explicações do mau início amanhã

JOSÉ MARÍA ORTIZ
11/09/2019

 

Amanhã quinta-feira, o diretor-geral do Cacereño, Luis Puebla, responderá às «questões desportivas» que preocupam ao adepto do clube numa comparência aberta e que prevê-se do máximo interesse/juro.

As alarmes se têm aceso definitivamente no {CPC} após o nefasto início. O centro desportivo {Sototerra} será o cenário para dissipar dúvidas numa cita/marcação/encontro à que estão convocados os jornalistas e os seguidores e no qual Puebla se submeterá às perguntas de aqueles que assim o solicitem.

Um ponto em três jornadas e Villanovense, Moralo e Miajadas a uma distância sideral de oito pontos. Demasiado para uma equipa confecionado para ser campeonato ou, pelo menos, para lutar por isso até ao fim.

Julio Cobos não está questionado no seio da entidade, asseguram desde dentro, mas já há uma inquietude grande. O treinador assumiu no domingo passado, após o pobre empate perante o Trujillo, que lhe está a dar muitas voltas à situação e que «vejo os partidos dois ou três vezes» para encontrar soluções. Nesta ocasião, Cobos aponta que lhe tinha gostado o jogo por momentos «e que pelo menos temos gerado oportunidades». Mas isso não basta e isso o sabe o treinador de Valdehornillos.

Os adeptos, em geral, são os mais indignados. A deceção mais absoluta com o que está passando está instalada nos mais fiéis da religião verde. Alguns sim asseguram que o treinador é o principal culpado, embora todas os olhares centram-se no plantel, que não está cumprindo com as expectativas, se pensa. Puebla tem a palavra.

As notícias mais...