Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 26 de septembro de 2017

O campeão inicia um novo desafio contra a história

Cristiano Ronaldo regressa para dar-lhe golo ao plantel/elenco branco face ao {Apoel} chipriota

EFE
13/09/2017

 

O Real Madrid, rei de Europa com doze título conquistados e os dois últimos de forma consecutiva, inicia um novo caminho à história com o repto/objetivo de ser o primeiro clube que firma/assinatura/assina três êxitos seguidos/continuados, com uma estreia a priori plácido no {Beranbéu} para mudar sua má dinâmica da liga, perante o {Apoel}.

Dois empates do Real Madrid em {LaLiga} Santander, seguidos/continuados e ambos além disso no Santiago Bernabéu, travaram a euforia do madrilismo e o sentimento de imbatível que se respirava após a conquista das duas Supertaças em verão. Valência primeiro e um recém ascendido como o Levante após a paralisação de seleções, têm descido à terra ao plantel/elenco de {Zinedine} Zidane.

Num buraco inesperado e {tempranero}, as rotações massivas de Zidane, o jogo e a ausência de um reforço na zona de 9 após a marcha de Álvaro Morata e Mariano centram o debate. Zidane o encara mantendo firme/assine a ideia de girar para fazer a todos os seus jogadores partícipes numa longa época e com a segurança duma rápida reação.

O regresso de Cristiano Ronaldo ajuda. Diante da falta de colagem/colada, com 40 remates e só/sozinho dois golos em seus dois últimos partidos, o Real Madrid recupera a seu grande referencial.

{Isco} {Alarcón} e {Gareth} {Bale} completarão o tridente ofendido, com Quadro {Asensio} séria dúvida por um grão por causa de um cabelo infetado numa zona da perna que lhe incomoda.

As mudanças no onze madrilista se completarão com o regresso de {Keylor} {Navas} à baliza, de {Raphael} {Varane} recuperado ao centro da defesa e Mariano com {Luka} {Modric} ao centro do campo após as rotações frustradas perante o Levante.

As notícias mais...