Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 28 de fevereiro de 2020

O Cáceres ‘procura’ mil pagados

O clube verde-negro anunciará «em breve» o nome do treinador para a próxima época

JAIME J. TORBELLINO
12/07/2019

 

Encher o pavilhão para ajudar a crescer a equipa». Essa é a obrigação com a que o Cáceres Património iniciou a época 2019-2020, que pôs-se em marcha com a campanha de pagados. O repto/objetivo, o desejo, chegar a mil, mesmo superar essa cifra (a época passada foram algo mais de 600). O primeiro adubo/prestação/pagamento já se reservou ontem, antes mesmo da apresentação oficial da campanha ao meio-dia.

As novidades na parcela desportiva, enquanto, deverão esperar um pouco/bocado mais. Se calhar não demasiado. «Cedo terá treinador», disse José Manuel Sánchez, presidente do Cáceres. «Nos próximos dias já poderemos ver quem é», acrescentou Sergio Pérez, gerente e diretor desportivo.

Esse passo, o do novo treinador (e seu corpo treinador) porá a plenário/pleno rendimento a maquinaria de um clube que durante os dois últimos meses –desde que acabou a passada época– «não tem desempregado/parado de trabalhamos/trabalhámos», se empenhou em insistir uma e outra vez o gerente do clube. «Estivemos analisando tudo o que aconteceu a campanha passada para não voltar a cair nos mesmos erros». E também compilando informação de muitos jogadores para, uma vez que se tenha o perfil de plantel/quadro que se deseja, contar com várias opções de jogadores entre as que escolher para cada posto. Também para o posto de treinador se trabalha com vários nomes, entre eles o de Roberto Blanco. E tudo com as «limitações orçamentais» que voltará a sofrer a equipa. «Isso nos obriga a ter tudo muito bem pensado, que cada passo que se dê seja muito sólido», apontou Pérez.

«A união da hobby/adeptos com a equipa é fundamental», acrescentou o presidente, que explicou que chegar ou mesmo superar essa cifra de mil pagados permitirá ao clube ter mais força na hora de pedir ajuda tanto/golo às instituições como às empresas da cidade.

Contou José Manuel Sánchez que a decisão de subir 5 euros cada modalidade de adubo/prestação/pagamento («menos de um três por cento») se tem tomado porque se levava já várias épocas com os mesmos preços. «A competição é cada vez mais exigente e a colaboração deve ser de todos, instituições, empresas e também os adeptos. Pedimos a ajuda de todos para lutar numa liga muito competida».

Os preços vão dos 180 do adulto total aos 30 do infantil, passando pelos 125 do {reducito} total, 145 o adulto e 95 o reduzido.

AS PROMOÇÕES / Os preços dos adubos/prestações/pagamentos subiram, «mas com as promoções e descontos pode sair mesmo mais barato que em anos anteriores», precisou o gerente. Como em anos anteriores, há descontos para {peñistas} (um 11%), famílias (10%, 15% e 20% dependendo do número de membros da unidade familiar), e familiares da pedreira/formação (40 euros menos no caso do adubo/prestação/pagamento total e 30 no adulto).

«Na hora de somar a mais pessoas queremos resgatar aos que no passado ano não foram pagados», disse Sergio Pérez. Por este motivo, o adepto que renove seu adubo/prestação/pagamento e atraia a um novo terá prémio. Mesmo poderia sairle o adubo/prestação/pagamento gratuito se os novos pagados que traz são três. «Pode ficar ele tudo o desconto ou partilhá-lo com os seus amigos». Neste caso, quatro adubos/prestações/pagamentos, cada um sairia a 108.75 euros (o adubo/prestação/pagamento adulto, 145). Se os novos pagados são dois o desconto é do 50% e se é um, de 25%.

Os adeptos que desejem conservar o mesmo assento da época passada têm até ao próxima sexta-feira, dia 19, para reservar seu adubo/prestação/pagamento.

Outra campanha que sairá em breve, contou Pérez, é ‘{Abónate} por menos’. Se está ainda perfilando e se espera poder/conseguir apresentá-la em breve. O clube trabalha com uma série de empresas para que, aos clientes das mesmas, lhes saia mais económico seu adubo/prestação/pagamento. Um exemplo é o Instituto/liceu de Tecnologias Dentárias {Fones}, que tem renovado sua vinculação com o clube verde-negro. Este centralismo oferecerá o adubo/prestação/pagamento do Cáceres a todos os alunos que se matriculem num de seus cursos.

As notícias mais...